5,2% é quanto o valor da produção agropecuária (VBP) estimado para este ano, de R$ 515,9 bilhões, deve cair em comparação ao do ano passado, que foi R$ 544,2 bilhões. O montante das lavouras é de R$ 346,1 bilhões, e o da pecuária, de R$ 169,8 bilhões. Ambos apresentam redução em relação ao ano passado, de 5,7% e de 4,1%, respectivamente, de acordo com dados divulgados pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

PRESENTE Uma amostra do café produzido pela família Rosseto, de Mandaguari (PR), que há anos investe na qualidade da sua safra e tem conseguido premiações importantes em concursos regionais e nacionais, será presenteada ao papa Francisco, em Roma.

TRADIÇÃO Acondicionados em um pacote, os grãos do café torrado acabam de ser enviados pelo arcebispo de Maringá, dom Anuar Battisti, em reconhecimento ao trabalho da família, que é tradicional cafeicultora.

O MELHOR Em outubro de 2017, o café colhido pelo jovem produtor Wagner Rosseto conquistou o prêmio de melhor do Brasil, marcando participação inédita do Paraná na competição organizada pela empresa de fertilizantes Yara, que reuniu 100 amostras de cafeicultores de todo o país.

PLANO Durante reunião na semana passada em Curitiba, na sede do Sistema Organização das Cooperativas do Estado do Paraná (Ocepar), o diretor do Departamento de Crédito e Estudos Econômicos da Secretaria de Política Agrícola do Ministério da Agricultura e Abastecimento (SPA/Mapa), Wilson Vaz de Araújo, falou sobre o Plano Agrícola e Pecuário 2018/19, a ser anunciado no final de maio.

OUVIR Araújo disse que o Mapa está num momento de ouvir os produtores e entidades que representam o setor. "Estamos intensificando as discussões com as entidades representativas porque essa é a hora de fazermos as correções de rumo, avaliar como estão funcionando atuais mecanismos e políticas de apoio e, na medida do possível e a partir das sugestões encaminhadas, tentar viabilizar as demandas que chegam até o governo", disse.

IMPORTANTE O Plano Agrícola e Pecuário é um instrumento importante de apoio ao custeio e comercialização da produção agropecuária brasileira, tanto que a tomada de crédito agrícola vem numa trajetória crescente no país.

EMPRÉSTIMOS Balanço divulgado pela Secretaria de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, mostra que médios e grandes produtores rurais tomaram R$ 92,1 bilhões em empréstimos por meio do crédito oficial na atual temporada agrícola 2017/2018.

PARA ONDE VAI O montante referente aos financiamentos para as atividades de custeio, comercialização, industrialização e investimento entre julho do ano passado e fevereiro deste ano representa aumento de 12,4% em relação ao que foi contratado em igual período da safra anterior. O valor é liderado pelos financiamentos para comercialização e investimentos, cuja expansão foi, respectivamente, de 32,7% e de 25,3%.

RECORDE A produção brasileira de soja deve ser recorde em 2018. Segundo dados da Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove), a colheita neste ano deverá atingir 114,7 milhões de toneladas, alta de 2,3% sobre os resultados do ano passado.

MERCADO EXTERNO De acordo com a entidade, as exportações também atingirão volumes inéditos, com 68 milhões de toneladas previstas para serem embarcadas neste ano.

DESTAQUES Dados do Ministério da Agricultura mostram que derivados da soja foram os grandes destaques nas exportações do agronegócio em fevereiro. Esses produtos somaram US$ 1,6 bilhão em exportações no mês, de um total de US$ 6,23 bilhões dos embarques do agronegócio.

AVES Programado para o período de 24 a 26 de julho em Maringá (PR), o IX Encontro Técnico Avícola, cujas edições acontecem de dois em dois anos, está entre os mais importantes do calendário industrial avícola no país. A iniciativa é da Integra e do Sindiavipar (Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Estado do Paraná).

PÚBLICO A previsão dos organizadores é que ao menos 800 profissionais ligados ao setor, entre dirigentes e técnicos de empresas industriais, cooperativas, especialistas, produtores e outros interessados, participem da realização no Centro de Eventos Vivaro (antigo Excellence), que já sediou edições anteriores.

JABOR O conteúdo está praticamente definido, faltando poucos detalhes, com uma grade de apresentações técnicas e debates, sendo que após a abertura oficial, marcada para às 18h do dia 24, haverá palestra sobre "O contexto econômico brasileiro" com o convidado especial, o cineasta, jornalista e escritor Arnaldo Jabor.

TEJON No encerramento do Encontro, às 16h30 do dia 26, outro convidado especial, o publicitário, radialista e escritor José Luiz Tejon Megido, falará sobre "Os desafios do agronegócio brasileiro".


Participe e comente