7,5 mil animais vão representar diversas raças de bovinos, equinos e ovinos, durante mostras e eventos na Expoingá 2018, que começa quinta-feira e vai até o dia 14 no Parque Internacional de Exposições Francisco Feio Ribeiro.

ATMOSFERA Muita expectativa com a Expoingá. A cidade entra em clima festivo com a realização de seu maior evento agropecuário, que deve receber 600 mil visitantes.

NEGÓCIOS A previsão da Sociedade Rural de Maringá (SRM) é de um volume de negócios ao redor de R$ 550 milhões, alavancado pelo bom momento do setor rural.

ENERGIA De acordo com a presidente da SRM, Maria Iraclézia de Araújo, as cotações remuneradoras dos produtos agrícolas geram um clima de otimismo "que se espalha por toda a feira".

MUITO PARA VER Mesmo quem não é do campo, se encanta com realizações como a Fazendinha, que traz uma síntese do mundo rural.
A exposição promete estar repleta de atrações.

AGROJUR A agenda da Expoingá traz vários eventos específicos para os produtores. Entre eles, no dia 8, às 19h30, o Congresso de Integração de Direito e Agronegócio (Agrojur) a ser promovido pela SRM e a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) no Restaurante Central.

ILPF Dia 9, também no Restaurante Central, das 13h30 às 17h30, acontece o 1º Fórum Brasileiro de ILPF (Integração Lavoura-Pecuária-Floresta), iniciativa da SRM e da Cocamar, uma das principais incentivadoras de sistemas integrados no país.

PRODUTORAS E, dia 11, das 14 às 17h, no mesmo local, produtoras paranaenses e de outros Estados estarão no 2º Encontro Nacional de Mulheres que Fazem a Diferença no Agronegócio Brasileiro, iniciativa da SRM.

MILHO Estimada inicialmente em 12,2 milhões de toneladas, a safra de milho de inverno do Paraná poderá sofrer diminuição causada pela falta de umidade que já perdura algumas semanas.

PRECISANDO DE ÁGUA De acordo com o Departamento de Economia Rural (Deral) da Secretaria da Agricultura e do Abastecimento (Seab), 41% da área cultivada em todo o Estado se encontram em fase crítica, quando a cultura demanda mais umidade.

PREOCUPA Se chover bem nos próximos dias, uma possível quebra de produtividade seria amenizada, afirmou Marcelo Garrido, do Deral. Se não chover com intensidade, aí sim a situação se torna preocupante. O Paraná é o segundo produtor nacional de milho, atrás do Mato Grosso.

AGRISHOW Começou ontem e segue até sexta-feira a 25ª edição da Agrishow em Ribeirão Preto (SP), um dos eventos tecnológicos mais importantes do agronegócio na
América Latina.

MUNDO DIGITAL Para esta terça-feira, a Arena do Conhecimento da Agrishow programou algumas palestras que estão despertando grande interesse: uma delas é "O digital chegou no agronegócio - tudo vai mudar, você está pronto?", promovida pela OLX.

INOVAÇÃO Amanhã, ainda na Agrishow, a Associação Brasileira do Agronegócio (Abag) fará uma nova edição do Fórum Inovação, com a presença dos principais especialistas nos diferentes segmentos da cadeia do agronegócio do país, apresentando as novas tendências tecnológicas.

CLIMA Na mesma data, será promovido o primeiro fórum sobre clima e seus impactos na agricultura do Brasil realizado em uma feira internacional de agronegócio. O Agroclima Show, evento do Climatempo, vai contar com dois painéis: "Os Impactos do La Niña na Agricultura" e "Agrometrologia de Precisão 4.0".

VACINAÇÃO Começa nesta terça-feira a primeira etapa da campanha estadual de vacinação contra aftosa, no Paraná, que deve abranger todos os bovinos com até
24 meses.

STATUS O Paraná é uma zona livre, com vacinação, reconhecida pela Organização Mundial de Saúde Animal. Mas, há um trabalho em andamento para o Estado se tornar livre da doença, sem a vacina.

PLANEJAR
De acordo com médico-veterinário Renato dos Santos, é necessário que o pecuarista planeje a vacinação do rebanho. Uma das primeiras medidas a serem tomadas é revisar as instalações do curral para o manejo da vacinação.

CUIDADO "Muitas vezes, o produtor faz tudo certo com relação aos medicamentos, conservação, higiene, treinamento da equipe, mas se esquece de olhar como está sua infraestrutura, que é determinante para o rendimento do trabalho", afirma Santos.


Participe e comente