O "Leite que Educa" é um concurso desenvolvido pela Sociedade Rural de Maringá (SRM) cujo propósito é chamar a atenção de crianças e jovens para os benefícios do leite. Voltado para os estudantes das escolas estaduais de Maringá e da região, o projeto trabalha o tema em sala de aula e propõe que os alunos do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental criem esculturas utilizando materiais recicláveis, como caixa de leite tetra pack, papelão e garrafa pet. As três melhores são expostas em vários locais do evento e receberão votação do público.

Segundo a Assessoria de Imprensa da feira, além de elucidar a importância do leite como produto fundamental para a alimentação humana, o concurso visa valorizar a cadeia do leite e seus derivados, ilustrar a relevância da atividade leiteira na economia e trabalhar a reciclagem de materiais como ferramenta para esculturas de arte.

A iniciativa tem apoio do Núcleo Regional de Educação (NRE), do Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) e do Núcleo dos Produtores de Leite da Região. O resultado e entrega da premiação acontece no dia 14 de maio, último dia da feira agropecuária.

Os autores dos três melhores trabalhos receberão: 1º lugar - uma bicicleta para cada aluno do grupo; 2º lugar - um tablet para cada aluno do grupo; 3º lugar - um fone de ouvido com bluetooth para cada aluno do grupo. O professor responsável pela orientação do grupo ganhador do primeiro lugar receberá um notebook.


Participe e comente