Ruas acalmadas
Passando pela Zona 2, só agora pude ver as novas sinalizações de direcionamento, indicadas pelas conhecidas "tartarugas", nos cruzamentos das ruas. Parabenizo a Prefeitura e seu Departamento de Trânsito - setor de sinalização - pela criatividade. Ficou prático e mais seguro. Cuidados com a segurança nunca foram demais.
Paulo Colosio

Resposta
A propósito da publicação na edição do último dia 6 desse jornal, contendo opinião de uma leitora, sobre a morte da professora, com todo o respeito, desejamos apresentar nossa repulsa à generalização ali registrada. A TCCC tem um dos mais rigorosos sistemas de seleção, aplica uma série de exames físicos e psicológicos para assegurar que o motorista encontra-se em perfeita saúde e, além disso, antes do início do trabalho, passa, o profissional, por exaustivo treinamento, sendo que, nos primeiros dias de trabalho, é acompanhado por monitores para fazer uma avaliação, na prática, sobre a sua conduta no trânsito.
Além de todos esses cuidados, a empresa dispõe de um enorme aparato tecnológico, dentre outros, o GPRS e tacógrafo, que permitem conhecer integralmente a dirigibilidade do motorista durante o seu turno de trabalho, não sendo tolerada a ocorrência de qualquer irregularidade. Ainda em relação ao acidente, não se pode imputar nenhuma culpa ao motorista sem antes se proceder a uma criteriosa perícia, o que já está sendo realizado pela empresa e também pela polícia técnica, notadamente porque, pelo que até então se sabe, infelizmente, foi a vítima quem se movimentou e se posicionou na rua de forma a provocar o acidente.
TCCC

Bares que usam calçadas
As calçadas são vias públicas para o trânsito de pedestres e cadeirantes. Não são extensões dos estabelecimentos. (Enquete no Facebook do jornal)
Fernando Nasser, via Facebook

Sobre os políticos
Cada dia que passa os políticos se superam; vejam bem: trabalham dois ou três dias por semana e quando não aparecem pedem para abonar as faltas. Eles têm passagens aéreas para o Estado por onde foi eleito: mas quando penso que tudo isso é ridículo eles se superam; tem dois deputados, um deles, João Rodrigues, foi condenado a mais de cinco anos e outro por dispensa de licitação; o outro de nome Celso Jacob foi condenado a mais de sete anos de cadeia por falsificação de documentos públicos e dispensa de licitação; mas o que me deixa perplexo é que esses dois deputados ganharam o direito de sair da cadeia durante o dia e exercer o mandato de deputado; como dizia o saudoso Raul Seixas e faço delas as minhas palavras: para o mundo que eu quero descer. "Pedido de abono de falta aumenta 11 vezes na Câmara dos Deputados"
Narioflasio de Souza,
via odiario.com


Participe e comente