PASTOR ALEXANDRE FERRAREZI
É tão triste a gente andar pelas cidades e ver de perto a realidade que atravessa essa nação. Como pode num país tão fascinante vermos coisas tão ruins. Tão chocantes, que nos tocam o coração. O menino que devia estar na escola.

Estudar, brincar de bola e jamais ser esquecido.

Mas está lá no farol pedindo esmola.

Seu brinquedo é craque é cola.

Seu futuro é incerto... e aqueles que, mesmo em sua aparente vida construída, acabam sendo vítimas de uma bala perdida, ou da violência do sistema, que ao invés de transformar o ser humano dentro das penitenciárias, deixam os mais violentos e doutorado no quesito crime. Aonde estão os homens que têm o dever e a obrigação de fazer, mudar essa realidade?

Aonde estão, será que ainda existe alguém honesto, honrado e de bem, que ame o Brasil de verdade?

Quando chega a noite, e outra vez começa o drama, a calçada vira cama e o jornal o cobertor. Como pode, num país que é tão rico, ignorar essas coisas desse tipo que nos causam tanta dor.

Na verdade são tratados como lixo.

É o retrato da miséria e da pobreza.

O que assusta é a frieza, o descaso e o abandono.

Que Realidade é essa? E ao contraponto,

Nos deparamos com a ilusão da copa do mundo, no calor de seus torcedores e nas bandeiras sendo mostradas com orgulho, de total frenesi ao ver um gol marcado, e de aplicar todos os seus esforços tais como: tempo, dinheiro, físico, família, locomoção, entre outros.

Vemos os jogadores em campo representar seus países, diga-se de passagem, com salários que estão mais para ilusão do que para realidade da sua representatividade.

Nesse campo de realidades e ilusões.

Fica o questionamento o que é realidade e que é ilusão, quem representa o Brasil?

Jogadores milionários fazendo gol, políticos desnecessários fazendo política por causa da facilidade do ganho ilícito e não do salário pago.

Ou talvez seria ao contrário: a fome, a violência, o desemprego, a injustiça, as mortes prematuras, as drogas, a falta de vagas em hospitais, salários baixos, preconceito, descaso... entre outros.

Seria apenas uma ilusão...

Bom entre a realidade e a ilusão, é sempre bom aprendermos de Jesus e ouvirmos seus conselhos, que sempre serão realidade em nossas vidas.

Disse Jesus Cristo no sermão da montanha:

Mateus 5:3-16

3 Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus;

4 Bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados;

5 Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra;

6 Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque eles serão fartos;

7 Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia;

8 Bem-aventurados os puros de coração, porque eles verão a Deus;

9 Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus;

10 Bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus;

11 Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem, e mentindo, falarem todo mal contra vós por minha causa.

12 Exultai e alegrai-vos, porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguiram os profetas que vieram antes de vós,

Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras, e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus.

E que isso seja realidade, em nossa casa, família, cidade, nação e principalmente em nossos corações!


Participe e comente