Cidade mineira será sede do torneio que vai definir a última equipe com direito de disputar a elite da modalidade
Competição com três equipes começa na próxima quarta-feira e vai até sábado

O caminho para o Copel Telecom Maringá permanecer na divisão principal da Superliga Masculina de Vôlei na temporada 2016/2017 está traçado. O torneio de repescagem, que carimbará ao campeão o passaporte para permanecer na elite do vôlei nacional, será realizado de segunda a quarta-feira da semana que vem em Juiz de Fora-MG, com a participação de três equipes. O torneio terá a presença dos dois últimos colocados da fase de classificação da temporada 2015/2016 da Superliga – caso do time maringaense, 11º colocado, e do Juiz de Fora, que acabou na lanterna –, além do Upis Brasília-DF, equipe que chegou às quartas de final da Superliga B onde foi eliminada pelo Sesi-SP B.A vaga seria do Sesi, mas a equipe paulista já tem representante na elite da modalidade.

Segundo o regulamento, os três times se enfrentarão entre si. Uma partida será realizada por dia e quem somar mais pontos ao fim do torneio ficará com o título e a vaga.

De acordo com a tabela divulgada ontem pela Confederação Brasileira de Vôlei (CBV), todos os confrontos serão no Ginásio da UFJF e terão início às 19h30. A primeira rodada será segunda-feira com os donos da casa recepcionando o UPIS. Já o Copel Telecom entrará em quadra nos dois dias seguintes, na segunda e terceira rodada,quando enfrentará, respectivamente, a equipe do Distrito Federal e Juiz de Fora.

O técnico do time da Cidade Canção, o argentino Horácio Dileo, acredita que seu time tem condição de ser campeão. No entanto, ele quer seus comandados atentos e não espera duelos fáceis. "Não podemos cometer erros. (...) Não dependemos de ninguém a não ser de nós mesmos (para permanecer na Superliga "A"). Temos que jogar cada bola como se fosse a última bola do jogo", pede o treinador. /// Com assessoria


BOA RECORDAÇÃO. Equipe de Maringá jogou com Juiz de Fora no Ginásio da UFJF e venceu por 3 sets a 2. —FOTO: ACESSO COMUNICAÇÃO JR

Participe e comente