O dia 10 de junho foi bastante festivo para o Centro Português de Maringá, clube que agrega significativa parcela da colônia luso-brasileira residente em Maringá e que está comemorando 54 anos de fundação. Durante coquetel festivo, foram comemoradas também datas como Dia das Comunidades Portuguesas, Dia de Portugal e Dia de Camões, símbolo da poesia portuguesa com sua mais conhecida obra: "Os Lusíadas".

Coube ao Conselho Estadual da Comunidade Portuguesa do Paraná (CECPP), presidido pela educadora Maria Inês Botelho, organizar um concurso literário em homenagem a Camões, desta vez tendo como convidadas as Academia de Letras da região norte e noroeste do Paraná. Em razão da falta tempo hábil, somente duas conseguiram estar representadas neste concurso: Apucarana e Umuarama. A ALM recebeu Cerificado de Participação, sem concorrer, através do escritor Alberto Paco.

As obras que concorreram ao concurso foram analisadas por uma comissão julgadora composta pelo presidente do Centro Português de Maringá, membros da diretoria, pelo presidente da Unijore e um professor da Universidade Estadual de Maringá. O vencedor foi o professor Afonso de Souza Cavalcante, da Fafiman e presidente da Academia de Letras de Apucarana, que recebeu o troféu das mãos do cônsul Honorário de Portugal Antonio Martins.

A solenidade, que teve ainda a exibição do grupo de danças" Os lusíadas" foi marcada por alguns contratempos de ordem técnica mas superada pela presença de espírito de duas integrantes do grupo folclórico. Para o próximo ano, a presidente da CECPP, Maria Inês Botelho e demais membros da diretoria estudam a ampliação do concurso para outras ent idades culturais e literárias para que haja mais competitividade entre os participantes do concurso para homenagear Camões.


Durante a solenidade no Centro Português que concentrou homenagens a Portugal, foi feita a entrega do Troféu Camões ao vencedor do Concurso. — RCP/UNIJORE


Participe e comente