O Prêmio Unijore de Incentivo a Cultura, idealizado pela União dos Profissionais das Artes, Literatura e Jornalismo (Unijore) Agora faz parte calendário oficial de Maringá. A cerimônia de assinatura, prestigiada por 95% dos sócios da Unijpore, foi presidida pelo prefeito Ulisses Maia, pelo secretário de cultura Miguel Fernando e pelo vereador, autor do projeto de Lei, Carlos Mariucci (PT).

Na oportunidade, o presidente da Unijore, Joel Cardoso, lembrou que além de incentivos e apoios oficiais existentes em prefeituras, governos estaduais e federais, a verdade é que os regulamentos e critérios nem sempre estão ao alcance de pequenas associações culturais existentes no Brasil. "Não é diferente em Maringá. A Lei Rouanet, por exemplo, beneficiou poucas produções culturais de comparadas com o universo de artistas e escritores da cidade que lutam para ter o seu espaço ao sol do reconhecimento", ressaltou Cardoso.

HISTÓRICO- Este foi um dos motivos para que a União dos Profissionais das Artes, Literatura e Jornalismo-Unijore- implantasse em seu calendário de atividades, o Prêmio Unijore de Incentivo a Cultura- PUiC- que já homenageou a Fundação João Ciofi e mais recentemente a empresária Jeane Nogarolli. Uma iniciativa até então isolada, somente validada com a credibilidade da Unijore na emissão da certificação oficial com registro em cartório de títulos e documentos.

Os critérios de escolha para a outorga do prêmio anual são elaborados por uma comissão permanente de sócios da Unijore, buscando informações sobre a receptividade de pessoas físicas ou jurídicas em apoiar, mesmo sem incentivos fiscais, iniciativas idealizadas por agremiações culturais que foram fundadas sem interesses lucrativos e com taxa de manutenção pequena de cada associado.

Os exemplos desses apoios são vários, mas não o suficiente (ainda). Entre os que já deram suas contribuições, pode-se citar a Cooper Card, Unimed, Fundação João Ciofi, Beto Carrero World, Pousada Pedra da Ilha e em exemplos recentes o apoio logístico do Lions Clube Cidade Canção, que integra o Distrito LD-6 de Lions Internacional. Aliás, o embrião da criação da Unijore, foi em cenário leonístico, quando foi registrada a Carta de Intenções da fundação.

O esforço foi reconhecido. Inicialmente pela sensibilidade de visão do vereador Carlos Mariucci (PT), que protocolou na Câmara o Projeto de Lei 14.585/2018..), seguida pela mesma atmosfera dos demais vereadores que aprovaram de forma unânime a projeto, culminando com a reconhecida valorização à cultura pelo prefeito Ulisses Maia, que sancionou a lei municipal que torna o PUiC uma atividade oficial no calendário do município.


O presidente da Unijore, Joel Cardoso, fazendo uso da palavra. — ARQUIVO UNIJORE


Participe e comente