Fotógrafo: Marquinhos Oliveirea

Câmara homenageia Convention e ex-presidentes da entidade

O Maringá e Região Convention & Visitors Bureau e seus ex-presidentes foram homenageados na manhã desta terça-feira (10 de outubro), pela Câmara Municipal de Maringá. A iniciativa é do vereador Jean Marques (PV). No Plenário da Casa, o primeiro vice-presidente do Convention, Alysson Thomasi, representado o presidente, José Roberto Mattos, que não pôde estar presente, recebeu o Brasão do Município, entregue à entidade. Os ex-presidentes dos conselhos diretor, superior e fiscal do Convention, Sérgio Takao Sato, Fernando Rezende, Jonas Demóstene Ramos, Dirceu Gambini, Shiniti Ueta e Rony Guimarães também foram homenageados e receberam o título de Mérito Comunitário. Alysson Thomasi, em nome de todos os diretores e mantenedores do Convention, agradeceu o reconhecimento e garantiu que a entidade está comprometida em continuar desenvolvendo ações em prol do desenvolvimento do trade turístico local. “O Convention é uma entidade sem fins lucrativos e que iniciou seu trabalho lá atrás, com o Takao e que desde então tanto nos orgulha. Fico honrado de estar representando o nosso presidente e reforço que o Convention está à disposição da sociedade. O Convention agradece essa parceria e essa iniciativa e esperamos contar com os cidadãos e órgãos público para continuar nessa batalha de trazer o progresso à nossa cidade”, declarou. O vereador Jean Marques também destacou a importância do Convention como engrenagem que movimenta a indústria do turismo de Maringá. “Em nossa cidade, a vocação é para o turismo de negócios e eventos. E isso se deve muito ao trabalho do Convention. Uma estrutura sem fins lucrativos, apartidária e que autua no apoio à captação de eventos e que investe em ações para aumentar o fluxo de visitantes em Maringá, trazendo para a economia um dinheiro ‘limpo’, totalmente novo”, disse. “Entendo que a atividade turística começou a adquirir mais relevância na cidade a partir do início do trabalho do Convention. E se o turismo hoje é o que é, isso se deve muito ao Convention”, completou.