O conselho de administração da Alpargatas autorizou ontem a convocação de assembleia geral extraordinária e assembleia geral especial de acionistas detentores de ações preferenciais para deliberar sobre a migração da companhia para o Novo Mercado da B3 - novo nome da empresa resultante da fusão entre BM&FBovespa e Cetip.

A Alpargatas informou que o conselho de administração deu início à análise e estudo de migração ao Novo Mercado após receber solicitação nesse sentido do acionista minoritário Bonsucex Holding, do investidor Silvio Tini, detentor de quantidade relevante de ações ordinárias e preferenciais.

A assembleia vai deliberar sobre a proposta de unificação das espécies de ações, mediante a conversão da totalidade das ações preferenciais em ordinárias, na proporção de 1,30 para PN (preferenciais) e de 1 para ON (ordinárias). As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Participe e comente