O crescimento econômico na China manteve o ritmo no segundo trimestre do ano, impulsionado pelo comércio exterior e apesar de preocupações com uma iminente desaceleração.

Dados oficiais divulgados nesta segunda-feira, 17 (no horário local), mostraram que o crescimento foi de 6,9% nos três meses encerrados em junho, na comparação anual. O resultado veio ligeiramente acima das expectativas de economistas ouvidos pelo jornal The Wall Street Journal, de 6,8% na média.

Na comparação com o primeiro trimestre, o PIB chinês avançou 1,7% entre abril e junho, considerando-se ajustes sazonais.

Participe e comente