As vendas da indústria de materiais de construção no País em agosto cresceram 6,2% em comparação com julho e caíram 2,9% em relação ao mesmo mês de 2016. No ano, as vendas baixaram 6,1%, enquanto no acumulado de 12 meses a queda totalizou 7,8%.

As informações foram divulgadas nesta quarta-feira, 13, pela Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat). Os dados são deflacionados.

Com a queda na comercialização de materiais, a indústria seguiu cortando funcionários. A quantidade de pessoas empregadas no setor em agosto registrou queda de 5,3% frente a agosto de 2016. No ano e em 12 meses, as baixas foram, respectivamente, de 6,2% e 6,7%.

A Abramat avaliou em nota que a redução do mercado em 2017 deverá girar ao redor de 5% a 6%, conforme o previsto.

A associação também destacou que a queda de vendas de materiais de base tem sido um pouco maior do que a dos materiais de acabamento, refletindo a redução no início de novas obras de infraestrutura e edificações.

Participe e comente