Os supermercados do Estado de São Paulo registraram nova queda de preços em março, segundo mês consecutivo de recuo, de acordo com dados da Associação Paulista de Supermercados (Apas). O Índice de Preços dos Supermercados (IPS), calculado pela Apas/Fipe, apresentou queda de 0,41% em março após recuo de 1,07% em fevereiro.

A persistência na deflação de alimentos é considerada uma notícia ruim para os resultados das varejistas, porque há um encolhimento na receita sem que os custos sejam reduzidos na mesma velocidade. Além disso, o economista da Apas, Thiago Berka, destaca em nota que o consumo ainda sofre em razão dos índices de desemprego elevados.

No acumulado do primeiro trimestre de 2018, os preços de alimentos registram queda de 0,51% nos supermercados paulistas, conforme a Apas. Em doze meses, o recuo nos preços é de 2,13%.

O destaque do mês de março em relação a fevereiro na deflação ficou com as proteínas. A queda dos preços das aves foi de 6,12% enquanto as carnes suínas recuaram 0,46% e as carnes bovinas, 0,43%. Essas reduções tiveram grande peso no índice.


Participe e comente