O lucro de 290 empresas de capital aberto no primeiro trimestre totalizou R$ 50,82 bilhões, indicando alta de 7,4% em relação ao mesmo período do ano anterior, de R$ 47,31 bilhões, de acordo com levantamento da Economatica. Pelos cálculos da consultoria, o setor de bancos liderou os ganhos e Petrobras foi a mais lucrativa.

O crescimento, acrescenta a Economatica, poderia ser maior, se a Eletrobras não fizesse parte da amostra. Sem a Eletrobras, as empresas de capital aberto teriam lucrado 10,6% mais no primeiro trimestre no comparativo anual.

O setor com maior lucro acumulado no primeiro trimestre de 2018, com 21 instituições, é o de bancos: os ganhos somados atingiram R$ 17,6 bilhões, crescimento de R$ 2,185 bilhões ou 14,2%.

Com destaque para a Petrobras, o segmento de Petróleo e Gás apresentou o segundo melhor resultado do período, com R$ 7,66 bilhões. O desempenho representa um salto de 62,1%, ou R$ 2,93 bilhões, em relação ao registrado um ano antes.

Dos 26 setores analisados somente construção informou prejuízo no período, de R$ 482,9 milhões. O resultado, porém, foi inferior ao prejuízo de R$ 489,3 milhões informado no primeiro trimestre de 2017.


Participe e comente