Que a Internet vem transformando a sociedade ao longo dos anos ou que, com inteligência, se pode ir muito longe utilizando o canal não é novidade para quase ninguém, mas muitos, ouso dizer que a maioria, ainda insiste no método antigo, caro e pouco eficiente de campanha eleitoral. A TV ainda é vista como mídia de massa, de grande penetração e alcance, e não há nada de errado nisso. A questão é que hoje, além do aparelho ligado nas salas de todo país, há outro, nas mãos do eleitor, que talvez pelo seu tamanho ainda não seja visto com a importância e força que possui.

Pesquisa recente feita pelo grupo Presença Online e GERP mostra que a quase totalidade dos eleitores que responderam (97%), principalmente na faixa dos 25 aos 59 anos, pretende utilizar a internet para obter informações do candidato pretendido, esta mesma informação será buscada na TV pela metade dos entrevistados (52%). Ainda de acordo com a mesma pesquisa, quase 90% dos eleitores pretende observar as ideias, trajetória e propostas, enquanto um número cada vez menor, diria insignificante, é impactado com frases motivacionais, fotos de atividades eleitorais e pior, santinhos eletrônicos.

A Internet será responsável, sem a menor sombra de dúvida, pela eleição de vários nomes, em todas as esferas. Tanto para cargos no Executivo, quanto no Legislativo, de nomes conhecidos de outros pleitos e nomes recém chegados, mas sobretudo, o trabalho mal feito deixará muitos de fora da corrida e da nova política. O marketing digital bem feito, elaborado estrategicamente e nos canais certos é a possibilidade real de mudar o destino de candidaturas e partidos políticos.

Conseguir conexão e despertar o interesse do público fará a diferença na abertura das urnas. O segredo para isso está na descoberta do que se quer ouvir, não na mensagem embalada e lançada massivamente. A aposta está na individualidade que a internet oferece, apesar de falar simultaneamente com quase todo mundo.

Pablo Rossken é publicitário, jornalista e profissional de marketing. ([email protected])



Website: http://www.pablorossken.com

Participe e comente