Atualmente, a inadimplência é uma característica comum na economia brasileira. Devido ao desemprego e aos juros altos, uma boa parte da população não tem condições de pagar suas dívidas e, desde o início do ano, o índice de pessoas com contas em atraso tem aumentado, segundo os dados mais recentes da PEIC – Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor – realizada pelo CNC – Conselho Nacional do Comércio. Essa situação afeta diretamente os processos de cobrança, que precisam se reinventar para recuperar o crédito.

A PEIC também aponta que quase um quarto das famílias brasileiras estão endividadas, sendo a principal modalidade o cartão de crédito, que representa aproximadamente 76% das dívidas da população. Os carnês, créditos pessoais e financiamentos de veículos representam cerca de 34% das dívidas em atraso.

O cenário atual impacta na efetividade da negociação de acordos entre as empresas credoras e os inadimplentes. Por isso, as empresas precisam encontrar alternativas para melhorar seus processos de recuperação do crédito.

Aposte na automatização

A tecnologia vem avançando na área financeira. Hoje existem softwares e sistemas de cobrança que realizam desde a gestão da base de inadimplentes até as negociações 100% digitais, e ainda geram relatórios com indicadores que podem ser usados para a definição das estratégias de abordagem e dos acordos pré-estabelecidos, assim como o acompanhamento do pagamento das parcelas negociadas.

Analise os diferentes perfis de inadimplentes

Muitos devedores podem estar com problemas financeiros temporários e não possuem histórico de inadimplência. Outros, simplesmente esquecem de pagar. Esse cliente precisa ser tratado de forma distinta. Por isso, quando sua empresa opta por um sistema de gestão de cobranças, você consegue analisar o histórico de compras e pagamentos. Desta forma, pode definir qual é a melhor abordagem e o tipo de acordo de forma a não perder o relacionamento com esse cliente, que poderá efetuar novas compras.

Cuidado para não constranger o endividado

As cobranças abusivas aos devedores se caracterizam por ligações extremamente frequentes, contatos em horários inadequados, usar de tom de ameaça e deixar que terceiros saibam da existência da dívida. Os softwares de cobrança virtual permitem ao inadimplente maior comodidade para lidar com essa situação constrangedora, oferecendo todas as ferramentas para que o responsável pela conta em atraso possa estar a par de suas pendências, analisar as opções de parcelamento, concluir o acordo e realizar o pagamento por meio de site, e-mail, SMS, Smart Message, URA, USSD, torpedo-fone, entre outros.

Além de ser prático para o devedor, o sistema de cobrança virtual gera várias vantagens aos credores, que conseguem ter mais informações sobre a base devido a integração com outros sistemas – como o SPC e Serasa –, dashboard personalizado para geração de indicadores, visão da régua de relacionamento e relatórios analíticos.

A cobrança amigável é o melhor caminho

Para José Moniz, especialista em serviços financeiros digitais, os processos desgastantes fazem com que o cliente deixe de consumir aquele produto ou serviço. “Quando o credor perde um cliente pela cobrança indevida, ele perde todos os esforços envolvidos para a aquisição e o quanto esse cliente poderia consumir no futuro. As soluções digitais com inteligência artificial aplicada estão aí para melhorar o relacionamento dos credores com seus devedores”.

O Negocia Fácil, da MFM, é uma solução digital de cobrança que recebeu mais de 3 milhões de acessos de pessoas querendo solucionar pendências financeiras em sua plataforma nos últimos 3 anos, o que demonstra que não há restrição para o uso de um canal digital para intermediar a negociação da contas em atraso.

As empresas credoras devem encarar as soluções tecnológicas na área de cobrança como uma oportunidade de melhoria de seus processos internos para trazer resultados positivos em termos de redução de custos e arrecadação.



Website: http://www.mfmti.com.br/o-que-fazemos/negocia-facil/

Participe e comente