A geração de empregos no Paraná vem avançando em 2017. De acordo com dados do Sistema Nacional de Emprego (Sine) – que refere-se apenas às vagas preenchidas por intermédio das Agências do Trabalhador – em todo o ano passado foram colocados no mercado 78,5 mil trabalhadores. De janeiro a agosto deste ano, 64,7 mil pessoas já conseguiram trabalho formal no Estado, um aumento de 36% na comparação com o mesmo período do ano anterior, quando 47,6 mil pessoas foram empregadas.

Os salários das pessoas contratadas por intermédio das Agências do Trabalhador nos oito primeiros meses de 2017 somam R$ 507 milhões, recursos que movimentam a economia em todos as regiões do Paraná.

"Os números demonstram que a quantidade de pessoas colocadas no mercado de trabalho e o montante dos salários pagos provavelmente serão superados, pois estamos em uma crescente na empregabilidade. A economia dá sinais de recuperação e consolida o Paraná entre os melhores estados, como mostram os números do Sine", disse o secretário da Justiça, Trabalho e Direitos Humanos, Artagão Júnior.

"Esses resultados foram obtidos em consequência da modernização no atendimento aos usuários, que envolveu a capacitação de todos os funcionários dos postos, ampliação do sistema de agendamento aos serviços, reformas dos prédios, mudanças de endereço e a consequente redução das despesas com locação", explicou o assessor técnico do Departamento do Trabalho, Walter Gonçalves.

A Secretaria de Estado da Justiça, Trabalho e Direitos Humanos foi responsável pela capacitação de 778 servidores que atuam nas 216 Agências do Trabalhador de todo o Paraná. Foram promovidas capacitações pelas coordenadorias da Intermediação de Mão de Obra e Seguro-Desemprego.

Os treinamentos tiveram como objetivo qualificar todos os servidores das agências para unificar os atendimentos e facilitar as orientações aos trabalhadores. "Os servidores fazem os atendimentos nas agências e por isso receberam a capacitação, com o objetivo de orientar o público da melhor forma e com maior rapidez", ressaltou o coordenador-geral da secretaria, Elias Gandour Thome.

O Sine foi implantado em 1.977 no Paraná, um dos 12 primeiros estados que aderiram ao sistema por convênio com o Ministério do Trabalho.

Participe e comente