Levantamento inédito da Catho no Paraná apontou as dez profissões que tiveram a maior alta salarial no estado em 2017, se comparado a 2016. Os aumentos variaram entre 12,6% e 20,6%, índice muito superior à inflação do ano passado, que deve ficar abaixo de 5%.

As profissões apontadas na pesquisa com maior aumento salarial no ano de 2017 foram: instrutor de qualidade; analista de captação de recursos; programador; farmacêutico; analista de custos; analista administrativo; geólogo; fisioterapeuta Home Care; professor de ginástica laboral e analista de TI.

A explicação para o aumento salarial acima da inflação para essas profissões está ligada diretamente ao cenário atual do mercado de trabalho brasileiro. "A maior parte desses cargos são de setores que crescem mesmo com um cenário econômico retraído e/ou de áreas estratégicas para as organizações", explica o Business Inteligence da Catho, Fabrício Kuriki. Um exemplo é a área de tecnologia da informação que, devido à evolução tecnológica, demanda cada vez mais profissionais da área.

Para outros cargos, como os ligados às áreas de saúde, por exemplo, a explicação é outra. "O Brasil passa por um processo de envelhecimento da população, além da busca das pessoas por uma vida mais saudável. Portanto, as carreiras ligadas à saúde tendem a ser mais valorizadas",finaliza Kuriki.

O levantamento foi baseado nas vagas divulgadas no site da Catho e nos salários médios agos pelas empresas.

Valorizadas

A partir de um estudo conduzido pela Catho com base na análise de dados da companhia e também por meio de pesquisas conduzidas com recrutadores sobre as áreas com mais contratações previstas para 2018, para algumas profissões a empresa projeta um cenário muito positivo neste ano. Algumas delas estão diretamente ligadas aos cargos que tiveram aumento salarial no Paraná no ano passado. São elas: educação física/fitness; farmacêutica; marketing digital e e-commerce; engenharia com foco em agronegócios; Tecnologia da Informação; big data.


Participe e comente