A cada rodada, uma legião de desfalques atormenta o técnico Abel Braga. A cada rodada, o Fluminense mostra superação e segue firme na cola do líder Atlético Mineiro. Os jogadores tricolores precisam mostrar mais uma vez a força do grupo no confronto contra o Sport, neste sábado, às 18h30, no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ), quando tentarão vencer apesar de oito desfalques confirmados.

Além de Deco, Wellington Nem, Marcos Júnior, Anderson e Bruno, lesionados há algumas rodadas, Abel Braga perdeu os atacantes Fred e Matheus Carvalho e o volante Edinho, suspensos após o empate por 1 a 1 com o Cruzeiro, em Belo Horizonte, na última quarta-feira.

Por pouco, o treinador não sofreu mais uma baixa. O lateral-esquerdo Carlinhos foi poupado do treino desta sexta, nas Laranjeiras, com dores na panturrilha direita, mas Abel Braga confirmou a sua escalação na ala esquerda. "O Carlinhos sofreu apenas uma pancada e não será problema. Vai pro jogo".

Apenas a profundidade do elenco tricolor previne o treinador de ter de "costurar" uma colcha de retalhos. Ao se olhar a escalação que deve enfrentar os pernambucanos, observa-se uma boa equipe, que teria condições de ser o time titular de muitos clubes da Série A.

O volante Valencia retornou de um período de treinamentos com a seleção colombiana e vai disputar a posição de Edinho com Diguinho. O ataque será formado por Samuel e Rafael Sóbis, pois foram os únicos dos atacantes que restaram. Para compor o banco de reservas, os garotos Michael e Caio foram promovidos dos juniores.

"Se o Valencia entrar na vaga do Edinho não muda nada. Muda se eu colocar o Diguinho ou se recuar o Jean para a entrada de um dos meninos (Caio e Michael). O time está na minha cabeça, mas não vou divulgá-lo.

Já tenho muitos problemas para dar ainda alguma facilidade ao Sport", comentou Abel Braga.

 

VEJA TAMBÉM


Participe e comente