Maringá FC e União de Francisco Beltrão fazem a final do Campeonato Paranaense na Divisão de Acesso neste domingo, às 15h30, no Estádio Willie Davids. Será o segundo confronto entre as equipes que se qualificaram para a decisão vencendo os quadrangulares na fase semifinal. Os maringaense foram os melhores no chaveamento que tinha ainda Paranavaí, Cascavel e Andraus Brasil; o time do sudoeste superou Operário de Ponta Grossa, Portuguesa e Iraty.

Na partida de ida, quarta-feira passada, os beltronenses fizeram valer o mando de jogo e, de virada, venceram por 2 a 1. Com o resultado adverso, os donos da casa precisam de triunfo com diferença por dois gols para ficarem com o título. Vencendo por um gol a mais, a decisão será nas cobranças de tiros livres a partir da marca de pênalti. Aos visitantes o empate vale a faixa de campeões.

A competição ficou interrompida por 40 dias por conta de recurso impetrado pelo Grêmio Maringá que acusou irregularidade e pretendia ficar com a vaga da Portuguesa. O STJD deu ganho de causa ao time londrinense. Com isso, o time maringaense que aguardava a definição do adversário não teve atividades oficiais e foi forçado a dispensar a maioria dos titulares da primeira fase. Dos jogadores que estivera m em ação na vitória sobre o Andraus, no dia 28 de maio, deixaram o elenco o goleiro Dheimison, os meias Andrezinho e Maikinho e o atacante Paulo Morais, entre outros.

O técnico Fernando Marchiori não terá à disposição o volante Fabrício, com terceiro cartão amarelo. O zagueiro Diogo, que seria a opção para suprir a vaga, também foi 'amarelado' no primeiro jogo e está descartado. Com o isso, o treinador tem como alternativas Rhuan, Luan e João Fenato para a composição do meio de campo com Léo Maringá.

Participe e comente