O brasileiro Thiago Braz, campeão olímpico no salto com vara nos Jogos do Rio-2016, voltou a competir neste domingo na etapa de Rabat da Diamond League e teve um desempenho decepcionante ao falhar em todas as suas tentativas.

Braz não conseguiu superar a marca inicial de 5,40 metros e foi logo eliminado da competição disputada em Marrocos. Agora, ficam as dúvidas sobre como será o desempenho do brasileiro no Mundial de Londres, que acontecerá entre os dias 4 e 13 de agosto.

Foi a primeira competição de Braz depois de se recuperar de um problema no joelho que o afastou por um mês das pistas de atletismo. Mas, antes da lesão, o brasileiro já não vivia uma boa fase. Desde a etapa de Xangai da Diamond League, em maio, que ele não consegue superar os 5,60 metros.

A medalha de ouro da etapa de Rabat ficou com o polonês Pawel Wojciechowski, que saltou 5,85 metros. O alemão Raphael Holzdeppe ficou com a prata ao atingir 5,70 metros, mesma altura do polaco Piotr Lisek, que precisou de mais tentativas e por isso terminou com o bronze.

OUTROS RESULTADOS - A colombiana Caterine Ibargüen, atual campeã olímpica e mundial no salto triplo, venceu sem muitas dificuldades a etapa de Rabat, mas ficou decepcionada com seu desempenho.

Ela conquistou o ouro ao saltar 14,51 metros. A segunda colocação ficou com a jamaicana Kimberly Williams (14,31) e a grega Paraskevi Papachristou terminou com o bronze (14,21). Ibargüen, no entanto, ficou longe de chegar aos 15 metros. Seu melhor desempenho foi em Mônaco, em 2014, quando saltou 15,31 metros

A jamaicana Elaine Thompson se impôs mais uma vez nos 100 metros e faturou a prova com o tempo de 10s71. "Estou satisfeita com minha carreira. Estou em forma", comemorou a velocista. Marie-Josée Talou, da Costa do Marfim, terminou em segundo lugar (10s90) e o bronze ficou com Michelle-Lee Ahye, de Trinidad e Tobago.

No masculino, o jovem canadense Andre De Grasse, de 22 anos, considerado um possível sucessor de Usain Bolt, venceu os 200 metros com o tempo de 20s03. A medalha de prata ficou com o norte-americano Ameer Webb e o bronze foi para o britânico Fred Kerley.

Apesar de toda a expectativa em cima de Andre De Grasse, ele não conseguiu uma boa marca neste domingo. Até aqui, o mais rápido dos 200 metros na temporada é o botsuano Isaac Makwala, que venceu a etapa de Madri da Diamond League com o tempo de 19s77.

Participe e comente