Seis brasileiros disputaram nesta terça-feira a repescagem da etapa de Trestles, na Califórnia, do Circuito Mundial de Surfe. E quatro deles se mantiveram na briga pelo título. Os únicos surfistas nacionais eliminados foram Caio Ibelli e Ian Gouveia, que caíram respectivamente para Kanoa Igarashi e Ezekiel Lau.

Com as vitórias em suas baterias, Jadson André, Miguel Pupo, Italo Ferreira e Wiggolly Dantas se juntaram a Gabriel Medina, Adriano de Souza, o Mineirinho, e Filipe Toledo na terceira fase da competição.

Se os três surfistas que avançaram diretamente na primeira fase estão em boa situação no Circuito Mundial, brigando pelas primeiras posições e sonhando com o título no final do ano no Havaí, o mesmo não ocorre com os outros brasileiros que estão em condições mais delicadas na classificação. É o caso de Wiggolly, que se sentiu aliviado ao superar o italiano Leonardo Fioravanti, por 14,84 pontos a 7,60. Ele está em 19º e apenas os 22 mais bem colocados permanecem na elite.

"Eu não fico pensando muito no ranking, quero apenas surfar e ir longe nas etapas. A disputa será complicada para permanecer, mas consegui achar boas ondas e me diverti bastante na bateria. Meu objetivo é ficar entre os 10 mais bem colocados, vou continuar trabalhando duro e acredito que desta forma os resultados podem vir", disse.

Quem também festejou a vaga na terceira fase foi Miguel Pupo, 32º do ranking, que superou Michel Bourez por 14,60 a 13,67. "Em 2011, estava surfando do jeito que queria e pretendo voltar a essa forma. Trestles é um lugar onde venci meu primeiro evento profissional, é uma onda muita divertida, tem de fazer as manobras nos pontos certo. Eu caí muito nos primeiros eventos do ano, mas espero continuar pegando as ondas certas e evoluir", explicou.

Jadson André, por sua vez, avançou ao derrotar Kolohe Andino com dificuldade, por 12,93 a 12,50, enquanto Italo Ferreira passou por Jack Freestone com o placar de 15,93 a 14,74.

A terceira fase é eliminatória e traz duelos cruciais para as pretensões dos atletas na temporada. No grupo de cima do ranking, Matt Wilkinson e Owen Wright já deram adeus à etapa. Com isso, Medina, Mineirinho e Filipe sonham em ir longe para se aproximar da liderança do Circuito Mundial e se manter na briga pelo troféu.

Participe e comente