Após um rigoroso inverno no país, o Campeonato Alemão voltou nesta sexta-feira da mesma forma que parou em dezembro: com o Bayern de Munique soberano. Em um tradicional confronto diante do Bayer Leverkusen, fora de casa, o time bávaro venceu por 3 a 1 sem maiores sustos e disparou na liderança da tabela.

O resultado levou o Bayern a 44 pontos em 18 partidas, 14 a mais que o vice-líder Schalke 04, que atuou 17 vezes. O time bávaro só volta a campo no dia 21, quando recebe o Werder Bremen. Já o Leverkusen parou nos 28 pontos e pode perder a quarta colocação no fim de semana. No dia 20, visita o Hoffenheim pela 19.ª rodada.

Mesmo fora de casa, o Bayern começou dono da posse de bola nesta sexta, tomando o campo de ataque. A primeira boa chance, no entanto, aconteceu somente aos 15 minutos. Vidal aproveitou sobra e chutou cruzado, com desvio. O chileno era o principal nome dos visitantes e voltou a incomodar aos 26, quando finalizou firme da entrada da área e exigiu trabalho de Leno.

De tanto insistir, o Bayern finalmente saiu na frente aos 31, e com participação de Vidal. Após escanteio cobrado por Robben pela direita, o chileno ganhou da zaga e cabeceou. A bola desviou e ficou limpa para Javi Martínez, que girou batendo para a rede.

O mesmo Martínez quase fez o segundo, de cabeça, na sequência, mas o gol diminuiu o ritmo do Bayern, que viu o Leverkusen crescer no segundo tempo. Aos nove minutos, Bailey quase empatou. Ele recebeu pela direita, cortou duas vezes Süle e tocou por cobertura, de canhota. Ulreich ficou só olhando e a bola parou no travessão.

Só que o Bayern foi preciso para aproveitar sua primeira boa chance na etapa final. Em rápido contra-ataque, James Rodríguez recebeu pela direita e deu ótima virada para Ribéry. O francês invadiu a área, cortou para o meio e finalizou no contrapé do goleiro, que não alcançou.

O gol não abalou o Leverkusen, que seguiu melhor e foi premiado aos 25 minutos, com certa dose de sorte. Volland recebeu pela direita, cortou dois marcadores e bateu da entrada da área. A bola desviou em Martínez, depois em Süle e matou o goleiro Ulreich.

Foi o suficiente para inflamar a torcida e levar o Leverkusen ao ataque. E o empate quase saiu aos 30. Martínez saiu jogando errado e entregou nos pés de Havertz, que tocou para Volland, mas o atacante foi travado por Boateng. Só que mais uma vez, o Bayern aproveitou suas poucas chances para matar o jogo. Aos 46 minutos, James Rodríguez cobrou falta com perfeição, no ângulo de Leno.


Participe e comente