A espécie da ave maçarico-acanelado, Calidris subruficollis (Charadriiformes: Scolopacidae), teve sua primeira ocorrência no Rio de Janeiro dia 17 de outubro de 2017, no Campo Olímpico de Golfe. Até então, não havia registro dessa espécie por aqui. Ela, assim como afirma o artigo em “Notas curtas”, por conta da caça comercial e da falta de seus ambientes, diminuiu muito. No Campo de Golfe, a ave estava forrageando e se alimentando no gramado. Ele e a área conservada do campo proporcionam totais condições para que a espécie utilize como área de invernada, o que é ótimo, já que o maçarico-acanelado é fiel a suas áreas de invernada e o campo fornece muitos recursos a ele.

Um agradecimento foi feito ao Diretor Executivo da ECP, Carlos Favoreto, conforme transcrito abaixo:

“Também somos especialmente gratos a Carlos Favoreto, responsável pela gestão ambiental do Campo de Golfe Olímpico, pelo apoio à pesquisa e conservação no local, pelo suporte logístico e por permitir que a área seja estudada”.


Participe e comente