A decisão da comissão técnica da seleção brasileira de apostar na privacidade dos treinos fechados na preparação para a Copa do Mundo enfrentou um contratempo logo no primeiro trabalho desse tipo em Sochi, na Rússia. Nesta quarta-feira, um dos convidados presentes ao treino da tarde (no horário local) da equipe publicou vídeos nas redes sociais da atividade, revelando inclusive a formação titular que Tite prepara para a estreia contra a Suíça, domingo, em Rostov.

Em ação que será praxe durante quase toda a fase final da preparação do Brasil para a Copa, em Sochi, a comissão de Tite optou por liberar apenas os 20 minutos finais do treinamento desta quinta-feira. Mas vídeos nas redes sociais publicados por um dos convidados mostram a repetição da escalação do quarteto ofensivo que se destacou no triunfo por 3 a 0 sobre a Áustria no último domingo, no amistoso final da equipe antes do Mundial.

Tite evitou confirmar em entrevistas recentes, mas testou a equipe com: Alisson; Danilo, Thiago Alves, Miranda e Marcelo; Casemiro, Paulinho e Philippe Coutinho; Willian, Gabriel Jesus e Neymar. E esse também deverá ser o time escalado diante da Suíça Além disso, nos vídeos é possível ver cruzamentos de Marcelo e uma jogada construída que termina com passe de Willian para a conclusão de Gabriel Jesus.

A possibilidade de a privacidade do treino ser frustrada parecia real antes mesmo do início da atividade, quando foi possível ver pessoas circulando pelas sacadas dos apartamentos localizados ao lado do campo onde a seleção trabalhou em Sochi.

O volante Fred, que lesionou o tornozelo direito na última quinta-feira após sofrer entrada dura de Casemiro, ficou fora de mais um treino com o restante dos companheiros e fez uma atividade em outro campo, acompanhado pelo fisioterapeuta da seleção brasileira, Ricardo Sasaki.

No campo onde o grupo trabalhava, havia um espaço reservado para amigos e familiares dos jogadores da seleção acompanharem a atividade.


PREPARAÇÃO. Apenas a movimentação final do treino de ontem foi liberada para imprensa. — PEDRO MARTINS / MOWA PRESS


Participe e comente