O técnico Jair Ventura elogiou o desempenho do Santos no empate por 0 a 0 com o Querétaro, em confronto encerrado na madrugada desta quarta-feira, em Querétaro, no México. O treinador acredita que a equipe mostrou progresso no segundo amistoso disputado nesta intertemporada, três dias após derrota por 1 a 0 para o Monterrey, em Guadalupe, também no México.

"A evolução de uma partida para outra foi nítida. Voltamos sem ter vencido, o que passa a ser secundário, já que não estava valendo três pontos", afirmou Jair Ventura logo após o jogo, em coletiva concedida no vestiário do estádio Corregidora, em Querétaro.

De acordo com o técnico, o importante é ter um bom resultado contra o Palmeiras, no primeiro jogo do Santos após o fim da paralisação do Campeonato Brasileiro por causa da Copa do Mundo. Pela 13ª rodada da competição, o clássico será disputado com mando santista no Pacaembu, em São Paulo, no dia 19. Alison e Diego Pituca, suspensos, estão descartados.

Com 13 pontos ganhos na tabela do Brasileirão após 11 jogos disputados, o Santos tem uma partida a menos do que a maioria das equipes. Adiado, o duelo contra o Vasco pela terceira rodada deverá acontecer no Pacaembu, mas ainda não tem data definida.

O empate com a ex-equipe de Ronaldinho Gaúcho deixa o time ainda mais em alerta. Afinal, a campanha na temporada não é das melhores e, após o tempo livre para treinamentos com a pausa para a Copa do Mundo, nenhuma melhora evidente foi vista.

O Santos foi a campo neste último amistoso com: Vanderlei; Victor Ferraz, Gustavo Henrique, David Braz e Dodô; Yuri, Diego Pituca e Jean Mota; Rodrygo, Eduardo Sasha e Copete. Em relação à primeira partida no México, saíram Renato, Léo Cittadini e Bruno Henrique da equipe titular. Lucas Veríssimo, Alison, Arthur Gomes e Gabriel sequer viajaram ao México, com problemas físicos.


SEM GOL. Na madrugada desta quarta-feira Alvinegro ficou no 0 a 0 com o Querétaro em partida que serviu como 'treino' para enfrentar palmeirenses. — QUERETARO F.C.


Participe e comente