O meia Gustavo Scarpa, do Palmeiras, conseguiu nesta quinta-feira uma vitória na Justiça. Os advogados do jogador conseguiram uma liminar em que suspenderam o bloqueio imediato de R$ 200 milhões realizados pelo Fluminense nas contas do atletas e determinaram que a juíza autora dessa decisão anterior, Dalva Macedo, não realize outros atos adicionais no processo. Na última sexta-feira a 70ª Vara do Trabalho do Rio havia determinado o arresto de R$ 200 milhões das contas de Scarpa e do Palmeiras. A medida valia como uma segurança para garantir ao clube carioca o recebimento do montante, que correspondia ao valor da multa rescisória prevista no contrato. A diretoria do Fluminense exigia a quantia para ser ressarcida pela saída do jogador, que se deu sem custos. /// AE

Participe e comente