O horário de verão está acabando. À meia-noite deste domingo (19), os relógios devem ser atrasados em uma hora nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste. A mudança de horário é adotada no Brasil desde 1931 e tem como objetivo gerar economia de energia elétrica.

Desde outubro do ano passado, os dias são mais “longos”, com o pôr do sol um pouco mais tarde. De acordo com estimativa do Ministério de Minas e Energia, essa hora extra de luz natural pode ter gerado economia de cerca de R$ 147,5 milhões. Isso acontece porque as luzes ficam desligadas em horários de pico, no início da noite, e a necessidade de produzir mais energia para atender a população diminui.

O relatório com o valor oficial de economia deve ser divulgado na próxima semana.


Participe e comente