Todos sabem que a água é um bem muito importante e necessário para a realização de uma infinidade de procedimentos. Embora o corpo precise dessa substância, a dependência do ser humano ultrapassa a ingestão. Ela se faz presente na indústria têxtil e alimentícia, bem como na produção de energia elétrica, além da irrigação no campo, alguns dos setores em que ela é essencial. Sobretudo, é preciso que a água passe por tratamento químico, para que se tornem própria para consumo e aproveitamento. A utilização do cloro é bastante comum, mas devido às consequências indesejáveis, em muitos casos esse processo precisa ser desfeito, que é a função da decloração .

O cloro é um produto frequente para eliminação de microrganismos, seja na forma líquida ou em gás, de modo a prevenir doenças decorrentes das bactérias que possam estar na água. Mesmo sendo uma técnica que traz muitos benefícios, ela pode ser prejudicial nos processos industriais, e o resultado final, apresentar características indesejáveis na água para consumo. Principalmente o cloro em gás, possui um cheiro forte e um sabor desagradável. Com possibilidade de corrosão em tubulações metálicas, ele pode não ser a solução mais adequada para eliminação de impurezas da água nas empresas, ou mesmo quando o cloro é colocado em excesso nos processos de limpeza da água para distribuição nas residências, a remoção se faz necessária.

O procedimento não tem como objetivo tornar a água potável, e sim, retirar o cloro dela, tornando-a mais agradável, além de minimizar os possíveis desgastes causados na tubulação, por exemplo. A Asstefil , presente no mercado de desenvolvimento e comercialização de equipamentos para tratamento de água e filtragem , explica que os filtros de carvão ativado são os mais indicados para a decloração. "É por meio dele que o cloro livre pode ser removido da água. O que ocorre é uma reação em que o cloro vira cloreto, após a oxidação do carvão", conta.

O tipo de filtro a ser utilizado pode ser diferente, dependendo da finalidade. Existe tanto a possibilidade de utilização residencial, em que equipamentos menores são suficientes, como também para empresas, que requer uma estrutura mais robusta. Mesmo após essa definição, ainda é preciso diferenciar o objetivo e a escala de água que precisará ser filtrada, para então fazer a escolha mais adequada. É importante que independentemente da opção de filtro para decloração, ela seja oriunda de uma empresa responsável, que preza pela qualidade do produto comercializado, para que se alcance o resultado esperado e necessário.

A decloração nada mais é que um dos tratamentos possíveis da água, em que é feita a retirada do cloro e demais compostos orgânicos. Isso é necessário pois a reação desses compostos pode ser tóxica, gerando efeitos indesejados na utilização da água, em diferentes processos. Para o uso adequado do filtro, é recomendado que a empresa ou pessoa interessada procure profissionais qualificados, para que estes possam fazer as devidas recomendações, como a troca do elemento filtrante, que precisa ser realizada periodicamente, a fim de garantir os melhores resultados.

Website: https://www.asstefil.com.br/


Participe e comente