Ao entrar no escritório de advocacia de Bruno de Almeida e os sócios, a sensação inicial é de encantamento. Linhas simples, materiais naturais e uma iluminação pensada para oferecer conforto sugere receptividade. Na sala de reuniões, texturas, cores e a iluminação remetem ao dinamismo e à produtividade.

Os três advogados queriam um ambiente moderno, um escritório que transmitisse eficiência, mas fugisse do tradicional. "Nós consultamos vários escritórios de arquitetura, até que encontrar quem conseguisse traduzir o que a gente queria. O resultado ficou muito melhor que o esperado."

Todo o projeto comercial considera a funcionalidade, circulação de pessoas e perfil dos clientes. No caso do escritório era preciso chegar a um espaço moderno, prático e aconchegante. O design de interiores começou do zero e considerou as referências que os sócios trouxeram de suas viagens ao exterior.

Os arquitetos e designers de interiores destacam que nos projetos comerciais é fácil errar pelo excesso ou por não oferecer ao cliente o que ele espera. A funcionalidade do escritório de Direito, por exemplo, é desenhar o ambiente favorecendo os passos do cliente no ambiente, desde a chegada até o atendimento final.

No caso de uma loja de roupas de alto padrão, a ideia é colocar os produtos em evidência, dispô-los em harmonia com o espaço e com fácil acesso para o cliente. "O projeto é desenhado para agradar o cliente do nosso cliente. Então explicamos que algumas vezes isso quer dizer acrescentar ou retirar alguns elementos que ele gosta para chegar a um projeto atemporal e funcional", diz a arquiteta Caroline Gonçalves.

O design de espaços de ambientes de trabalho segue algumas regras. Uma delas é a acessibilidade, depois vem a adequação ao modelo de negócio (forma de atendimento, disposição de mercadorias e espaço de circulação para o cliente) e, finalmente a "assinatura" do estabelecimento.

As franquias têm que seguir as normas pré-estabelecidas, mas para outros espaços comerciais há espaço para a personalização. Oferecer um ambiente agradável é um objetivo comum nos projetos contemporâneos. "O design é uma arte e buscamos o diferente, cada estabelecimento tem sua personalidade. O nosso trabalho é conectá-la com o outro", conclui.

Participe e comente