O uso do papel de parede na decoração de ambientes teve um aumento significativo nos últimos tempos, pois possui custo acessível, de maneira que favorece projetos mais econômicos, sem abrir mão da estética e do conforto visual proporcionado. A aplicação do item, por mais que seja prática, exige cuidados para que se mantenha a estética do espaço. Dessa maneira, Érica Duarte, coordenadora da divisão de organização do lar da Telhanorte, indica dez passos essenciais para a inserção perfeita do papel de parede. Antes de iniciar todo o processo e selecionar o modelo do papel de parede, Érica indica que a parede onde será aplicado o produto seja avaliada, pois deve estar limpa, lisa sem rachaduras e sem desníveis. "É preciso tomar cuidado ainda quanto às superfícies que apresentem infiltrações, que inviabilizam a inserção do item", ressalta a coordenadora.


ESTÉTICA. Com custo acessível, papel de parede renova os ambientes proporcionando claridade.

SIGA OS PASSOS
1º passo - Como complemento à aplicação, a coordenadora indica alguns materiais. "Estilete, recipiente com água, para diluição da cola caso a utilização seja cola em pó, trincha, espátula lisa de plástico, escova de cerdas macias e uma trena são itens essenciais para que o papel de parede seja inserido", indica Érica.

2º passo – É essencial passar um pano seco na parede que será aplicada o papel, retirando todo o pó e mantendo-a totalmente limpa.

3º passo - A medição da altura da parede, acrescentando cerca de 10 cm em cada faixa, é importante para que a inserção fique dentro dos parâmetros.

4º passo – Em seguida, é importante cortar as faixas de acordo com as medidas, sem esquecer dos 10 cm adicionais e a cada faixa seguinte, igualando o desenho com a faixa anterior.

5º passo – O próximo processo é inserir a faixa em uma mesa com a estampa para baixo para uma demão da cola. Primeiramente, em apenas metade da faixa (do centro para a extremidade). Como complemento, é preciso dobrar a parte com cola sobre si mesma e repetir o processo na outra metade.
6º passo – Após a preparação do papel de parede, deve ser iniciado o processo de aplicação na parede. Começando pela parte superior, a dica é desdobrar e colar o papel, desenrolando-o até a parte inferior e deixando sobrar aproximadamente 5 cm de faixa nas extremidades, para que na próxima faixa possa ser encaixado o desenho.

7º passo – Para remoção das possíveis bolhas de ar, é necessário alisar, com cuidado, a superfície do papel com as mãos. Na sequência, o processo é finalizado com o auxílio de uma escova. Para a retirada do excesso da cola, a espátula de silicone será essencial, sempre com movimentos do centro para as bordas.

8º passo – Para que se tenha um resultado visual perfeito, a dica é aplicar as demais faixas sem sobrepô-las, juntando um desenho ao outro lado a lado.

9º passo – Utilizando novamente a espátula, é possível pressionar os vincos e cantos no rodapé e teto e cortar as sobras com o estilete.

10º passo - Após secagem, a indicação é que se faça um corte em cruz sobre as tomadas e retire o papel excedente (os papeis são aplicados em cima das tomadas).


Participe e comente