Acontece, hoje, a partir das 19h30, palestra com o consultor financeiro Paulo Afonso Rodrigues que irá falar sobre revisão de dívidas bancárias. O evento está sendo organizado pela Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Maringá (Acim) e será realizado no auditório da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Segundo informou o pales-trante, não são raras as situações em que os bancos cobram valores acima do foi pactuado entre as partes. Tanto é que tramitam na Justiça casos e mais casos de contestação de dívidas executadas, principalmente em conta corrente, leasing, Finame, securitização, sistema financeiro da habitação, cartões de crédito, entre outras.

A boa notícia, ainda segundo o consultor, é que o prejuízo pode ressarcido a partir da revisão da dívida. Qualquer pessoa, física ou jurídica, pode entrar com esse pedido, demonstrando os eventuais erros do banco. A confissão ou a repactuação da dívida não impedem que a revisão seja feita, pois há casos em que os bancos cobram além do acordado, inclusive lançando valores sem origem, que simplesmente aparecem debitados em conta corrente. Neste caso, a Justiça invariavelmente dá ganho de causa ao mutuário, determinando o recalculo da dívida e sua renegociação em bases corretas. Vale destacar que só em Maringá existem milhares de processos revisionais contra instituições financeiras.

O tema é amplo e interessa principalmente a advogados, economistas, contadores, estudantes dessas áreas e profissionais ligados ao setor de crédito. Além, é claro, de pessoas diretamente ligadas ao assunto, que passam ou passaram por problemas semelhantes.

Paulo Afonso é consultor da Afiplan - Assessoria Financeira e Planejamento, especializada em análises contábeis do sistema bancário, que respaldam tecnicamente as composições e ações na Justiça. Com sede em Londrina, a empresa atua em mais de 14 Estados brasileiros. Em Maringá, atende a cerca de 40 advogados. ?Às vezes, o cliente é pressionado a quitar um débito quando na verdade ele tem direito à devolução do dinheiro. Para determinar isso, é necessário fazer ampla análise, que tecnicamente chamamos de verificação do realizado, e que nada mais é do que o pactuado entre as partes?, observa ele

Na palestra, além de alertar sobre a gravidade do problema e as situações mais comuns em que ele ocorre, o consultor abordará como se prevenir e as ações possíveis para sair dele. Os interessados poderão adquirir seu convite na Acim.

SERVIÇO

A palestra ?Dívidas bancárias podem ser revistas?, com o consultor Paulo Afonso Rodri-gues, será realizada hoje, às 19h30 no auditório da OAB (av. Juscelino Kubischek, 970). Convites na Acim. Informações pelo fone 3025-9635.

Participe e comente