Aulas de armamento e tiro, defesa pessoal, combate e prevenção de incêndio e primeiros socorros aglomeradas em 160 horas, divididas em 16 dias. Essa é a composição do curso básico para formar vigilantes patrimoniais.

Os requisitos para ingressar na profissão são: ter 21 anos completos, ter cursado até a quarta série do Ensino Fundamental, não ter antecedentes criminais, estar quite com as obrigações eleitorais e militares, ter sido aprovado em exame de saúde física e psicológica e no curso de formação de vigilante.

A Escola de Segurança Maringá, a única da região cadastrada na Polícia Federal, formou, em 2008, 600 vigilantes; 50 por mês. Além do curso básico, com carga horária de 160 horas, o formando pode fazer especialização para trabalhar como segurança pessoal.

 

VEJA TAMBÉM


Participe e comente