Uma mulher morreu e outra ficou gravemente ferida em um acidente que aconteceu por volta das 21h30 deste domingo (11), na BR 376, km 170, saída para Paranavaí, próximo da empresa Coca-cola, em Maringá. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, duas jovens de Mandaguaçu estavam em uma moto Biz vermelha, quando foram atingidas na traseira por um Escort verde.

Esta é considerada a 30ª morte no trânsito de Maringá. Confira o Mapa da Violência.

Maria de Fátima Almeida Gomes Justino, de 42 anos, morreu na hora. Mitzy Luvizuto Rodrigues, de 22 anos, que estava dirigindo a moto, foi encaminhada para o Hospital Santa Rita, onde permanece em estado grave, internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

O motorista do Escort, Severino Rufino Nascimento, de 52 anos, parou para prestar socorro. Em depoimento à Polícia Rodoviária Federal, ele alegou que não viu a motocicleta, pois o veículo estava com a lanterna traseira apagada. Ele foi encaminhado à 9ª Subdivisão de Polícia Civil, onde prestou depoimento e foi liberado em seguida. Um inquérito será aberto para investigar o caso.

De acordo com a investigadora Daniele Delanhese, o motorista foi submetido ao exame do bafômetro, onde foi constatado ingestão de álcool, que atingiu a margem de 0,11 mg/l. O limite permitido pela legislação brasileira é 0,10 mg/l, no entanto, para ser considerado uma infração criminosa, o índice deve ser superior a 0,35 mg/l. ¿Como ele não apresentava sinais de embriaguez e existe a margem de erro do bafômetros, ele não foi autuado em flagrante¿, explica.

 

VEJA TAMBÉM


Participe e comente