Entre roubos a pessoa, estabelecimento comercial, residência e furto de veículo, a Polícia Militar (PM) registrou nove ocorrências em Maringá na quinta-feira (20). Em algumas situações, os suspeitos foram localizados e detidos.

Pela manhã, uma pessoa teve o Ford Ka roubado, na Zona 7. Muito assustada, a mulher descreveu os suspeitos para a polícia e disse que viu uma arma pequena de cor prata com um deles. O roubo aconteceu na Rua São João e uma testemunha seguiu os suspeitos até a Rua Maracaíbo, onde abandonaram o veículo e fugiram. A testemunha não viu para onde eles foram.

Outro veículo foi tomado durante um roubo, em Maringá. Pouco depois do meio-dia, quatro pessoas armadas entraram em uma loja da Rua Toledo, no Jardim Madrid, fazendo ameaças e exigindo dinheiro. Segundo o dono do estabelecimento, não havia dinheiro em caixa, então a quadrilha revirou o local e agrediu as pessoas que estavam no interior da loja, levando celulares, cartões, dinheiro, relógio e uma caminhonete GM S-10.

Um GM Celta preto também foi visto no local e pode ter sido usado pelo grupo para a fuga. Menos de 20 minutos mais tarde, o veículo foi encontrado abandonado no Conjunto São Silvestre. O carro possuía alerta de roubo e, dentro dele, estavam uma balaclava (touca que cobre o rosto) e uma bolsa bege feminina, com documentos. O veículo foi encaminhado para a 9ª Subdivisão Policial (SDP) de Maringá.

Às 14h14, a PM foi informada de que um motociclista puxou uma pedestre e a ameaçou, tomando dela o celular e a carteira. O roubo aconteceu na Rua Pioneiro Joaquim dos Santos, no Jardim Oásis. A vítima descreveu que o suspeito usava shorts, tênis e blusa de frio de cor clara e teria fugido em direção ao interior do bairro.

Outras duas mulheres foram roubadas poucos minutos depois, em Maringá: uma na Zona 6, por dois homens que tomaram dela uma corrente de ouro; e outra, no Jardim Sumaré, que teve a casa invadida e o celular tomado. Esta vítima relatou que o homem entrou na residência pegou o aparelho e fugiu.

Uma moto furtada no final da tarde de ontem foi recuperada à noite. O veículo estava estacionado na Avenida Carlos Gomes, na Zona 5, quando um homem de roupa preta e capacete preto furtou a Falcon preta. O proprietário do veículo ainda saiu correndo atrás do suspeito. Por volta das 21h10, o proprietário acionou a PM para informar que havia localizado a moto dele em uma data vazia próxima à Praça Ary Barroso, no mesmo bairro em que aconteceu o furto. Ao chegar ao local, a polícia confirmou que o veículo estava lá, mas havia sofrido algumas avarias. A Falcon foi encaminhada ao pátio da 9ª SDP.

Por volta das 19h30, um ciclista armado entrou em uma farmácia da Avenida Curitiba e levou o dinheiro do caixa, fugindo em seguida. Cerca de 1h30 depois, uma mulher ligou para a PM para informar que havia sido vítima de uma tentativa de roubo e que havia conseguido deter um dos envolvidos. Segundo a vítima, ela foi abordada por três pessoas – uma delas estava armada – e que levaram o celular dela. Quando eles estavam fugindo, a vítima conseguiu segurar um deles pelo gorro da blusa de frio, recuperando o aparelho. Com a chegada da PM, foi verificado que o suspeito era adolescente e que outro envolvido no roubo era primo dele. As características do primo coincidiam com as do ciclista que havia roubado a farmácia, anteriormente.

Operação Tiradentes

Desde ontem (20), à tarde, a PM reforçou o policiamento nas ruas, a fim de evitar a prática de crimes. Se alguém for vítima, presenciar ou suspeitar de algum crime, deve ligar para o telefone 190.

Participe e comente