Algumas das mais belas mulheres do Paraná estarão em Maringá nesta terça-feira (20). A cidade sedia, mais uma vez, a etapa final para a escolha da Miss Paraná, que representará o Estado no concurso nacional e, quiçá, no Miss Universo, seguindo os passos da Miss Brasil 2016, Raíssa Santana.

Cada uma das 29 candidatas representa um município. Elas foram as selecionadas dentre as 46 jovens que foram eleitas as mais lindas em cada cidade e terão que mostrar muito mais que beleza para conquistar os jurados. Há modelos desde a pequena cidade de Doutor Camargo, com seus pouco menos de 6 mil habitantes, até a capital, Curitiba, onde a população é 85 vezes maior, sem esquecer de Maringá, que é representada pela jovem de 26 anos Bruna de Souza Nogueira.

O concurso, que tem como tema "Mulher Guerreira", traz novidades este ano. "Cada candidata teve que apontar uma das mulheres guerreiras que trabalham na cidade delas. A de Toledo, por exemplo, trouxe a história de uma senhora que criou o segundo laboratório para a produção de medicamentos genéricos do País. Outra também contou a história de duas irmãs [religiosas] que fazem trabalhos voluntários na cidade há muitos anos, tem vários casos bacanas. A ideia era premiar uma só, mas são tantos trabalhos maravilhosos que eu e o Wall [Barrionuevo, organizador do Miss Paraná] nos sentimos incapacitados de escolher uma só. Por isso, fizemos certificados e entregaremos às meninas, que vão levar a cada uma dessas mulheres, na cidade delas", explica Elaine Barrionuevo, que coordena o concurso integralmente com o marido Wall desde 2007.

Elaine explica também que, para ser eleita, a candidata precisa apresentar várias características que vão além de um rosto bonito ou corpo escultural. "Elas serão referências [do município, Estado e País], por isso precisam ser modelos de educação, cultura, comportamento, caráter. Tem que ser uma pessoa que se acredita que vá fazer o bem, levantar uma bandeira", exemplifica a coordenadora.

Segundo ela, todas as participantes precisam estar cursando ensino superior ou já ter concluído uma faculdade. Além disso, o conhecimento da língua inglesa também é fundamental. "Na segunda-feira, teremos os desfiles de maiô e de biquíni e os jurados entrevistam as candidatas, para ver, entre outras coisas, o nível de inglês. Não é obrigatório, mas é importante, porque auxilia muito para o concurso internacional. Nas Filipinas [local do último concurso Miss Universo], só se fala inglês. Para ter um bom relacionamento, é preciso dominar ao menos essa língua", observa Elaine.Movimento

Para a organizadora, o concurso também representa estímulo à economia local e é um digno representante da cultura.

"Movimenta os hotéis, o setor de beleza, como os cabeleireiros, e alimentação, por exemplo. E isso não só em Maringá, mas nas cidades de cada candidata, também. O concurso é um produto de cultura porque cada uma das meninas traz um pouco das cidades delas. Em Marechal Cândido Rondon, por exemplo, para trabalhar lá, é preciso falar alemão; a alimentação e o traje deles também é bem restrito e isso passa a ser conhecido pelas outras competidoras. Também é cultura porque mostra o Brasil para o exterior, dá uma visão do que nós somos e temos aqui", garante Elaine.

SAIBA +
MISS PARANÁ

Quando: terça-feira, às 21h
Onde: Teatro Marista*
Acesso ao público já estará liberado a partir das 20h15
No evento, haverá os desfiles de maiô, biquíni, traje de gala e a coroação da Miss Paraná

*Obs.: Na edição impressa do jornal O Diário de domingo (18), o local do evento está com uma informação equivocada: o desfile será no Teatro Marista, e não no Hotel Bristol. Neste último, as candidatas serão recepcionadas e participarão da preliminar do concurso, com os jurados, na segunda-feira (19).

CANDIDATAS
TOLEDO: Geiciane Gonçalves da Silva (19 anos /1,79m)
UMUARAMA: Bruna Felisberto Cecon (20/1,71)
SÃO JOSÉ DOS PINHAIS: Caroline Fernanda dos Santos (26 / 1,71)
REALEZA: Thaís Fernanda Ranzolin Zucchi (25/1,73)
QUATRO BARRAS: Marcela Lima Felipe Germano (20/1,73)
PIRAQUARA: Agta Raniele Ferreira (19/1,72)
PINHAIS: Karina Cristina Aparecida dos Reis (24/1,71)
PALOTINA: Maria Júlia Giacomini (23/1,76)
MEDIANEIRA: Fernanda Scalabrin (21/1,72)
MARINGÁ: Bruna de Souza Nogueira (26/1,75)
MANDAGUARI: Eloisa Flávia Lavárias (22/1,68)
LONDRINA: Camila Penha dos Santos (20/1,80)
JAGUARIAÍVA: Brenda Oliveira da Silva (18/1,72)
FRANCISCO BELTRÃO: Amanda Guarezi Albanez (23/1,73)
DOUTOR CAMARGO: Vanielli Vargas Rosada (23/1,72)
CURITIBA: Letícia de Campos Costa (21/1,72)
CRUZEIRO DO OESTE: Luana de Oliveira Bessegato (19/1,80)
CORNÉLIO PROCÓPIO: Aline dos Santos Souza (20/1,74)
COLOMBO: Sthephani Laiane Cordeiro da Silva (21/1,77)
CIANORTE: Bianca Andrade Celeste (18/1,80)
CÉU AZUL: Deyse Stringari da Silva (18/1,71)
CASCAVEL: Nicole Gotardo Favero (19/1,73)
CAPANEMA: Thais Cristina Jagelski (18/1,76)
CAMPO MOURÃO: Beatriz Pezzini Nespolo (19/1,72)
CAMPO LARGO: Marcela Mello Sanches (19/1,69)
CAMBÉ: Patricia Martins Garcia (24/1,76)
ARAUCÁRIA: Alicia Regina Didimo (19/1,70)
APUCARANA: Millene Midori Horimi (20/1,72)
ALMIRANTE TAMANDARÉ: Jéssica Piekas (23/1,73)

Participe e comente