O Procon de Maringá iniciou o atendimento desde a semana passada na nova sede e a partir desta segunda-feira (19), reabre a contagem dos prazos processuais. Apesar de o prédio não estar com o mobiliário completo, ar-condicionado e sem algumas divisórias, o órgão do consumidor está atendendo normalmente.

O diretor do Procon, Rogério Calazans, ressalta que após a completa reestruturação, será ampliado o atendimento com a contratação de mais estagiários. "Uma das principais preocupações na escolha da nova sede foi o bem-estar dos servidores e principalmente dos consumidores, que contam agora com estacionamento exclusivo, destinado anteriormente apenas para os funcionários", afirma.

Calazans lembra também que a antiga sede era insalubre, com pequenas salas e pouca claridade, e tanto os consumidores quanto os servidores estão mais contentes. "Um dos reflexos é o melhor atendimento. Mesmo que ainda a nova sede não esteja pronta os consumidores já estão elogiando a mudança de local. O consumidor está sendo melhor tratado, tem banheiro com acessibilidade, fraldário, sala de espera com TV e será beneficiado por outras melhorias", explica.

A antiga sede contava com três pavimentos e não tinha total acessibilidade. Sem elevadores, cadeirantes não tinham acesso ao cartório e a departamentos instalados em outros andares. Para atendê-los, eram os servidores que deveriam se deslocar até o térreo. Devido a falta de espaço no setor de atendimento não era possível ampliar o número de funcionários. Com o número reduzido de atendentes, nos horários de pico, usuários chegavam a ficar mais de duas horas aguardando atendimento.

Apesar do novo local ser apenas 65 m² maior, a presença apenas de dois pavimentos e as salas amplas fazem da estrutura ser mais adequada às características e necessidades de atendimento. De R$ 16.560 o aluguel mensal será de R$ 9 mil.

Saiba mais

A nova sede do Procon está localizada na avenida Cerro Azul, nº 233, na Zona 2.

Participe e comente