Termina hoje (16) o prazo para o envio de sugestões ao Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos de Maringá. Todas as críticas e pedidos de melhorias serão entregues à Comissão Diretora.

Para ler o documento e fazer as sugestões de alterações, basta acessar o site da Câmara e preencher o formulário.

O plano completo pode ser acessado no site da Câmara Municipal de Maringá, e tem alguns pontos principais, que estão no documento:

- Novo aterro sanitário: município deve avaliar as áreas disponíveis e as alternativas para um aterro sanitário, não necessariamente municipal.

- Hortas comunitárias: está previsto que seja realizado o cultivo de produtos orgânicos com a utilização de resíduos reaproveitados como adubo.

- Análise gravimétrica periódica: será realizada para medir a eficiência do sistema de coleta seletiva e separação do lixo.

- Adoção de tecnologias sustentáveis: adoção de tecnologias ecologicamente sustentáveis, como a biodigestão (compostagem acelerada, com produção de gás combustível).

- Fim do transporte de coletores: a permanência dos coletores nos estribos dos caminhões será proibida assim que o plano for publicado no Diário Oficial do Município.

- Coleta conteinerizada: elaboração de novo sistema de coleta por meio de contêineres, como já acontece nos condomínios.

- Implementação da logística reversa: estímulo para que fabricantes de determinados produtos receberam o descarte dos mesmos materiais.

Participe e comente