Na sessão ordinária desta terça-feira (14), o plenário da Câmara Municipal de Maringá volta a apreciar o projeto do Executivo que trata do Passe Livre do Estudante. A matéria já foi retirada de pauta diversas vezes.

A proposta apresentada pela prefeitura pretende alterar a regra para concessão do benefício. Pelas regras atuais, tem direito ao passe todos os estudantes que residam a pelo menos 1 mil metros do local onde estudam. A administração municipal pretende modificar o texto, alterando a distância mínima para 1,5 mil metros.

Projetos incluídos na pauta

Em primeira discussão também será votado projeto de vereadores Do Carmo (PR), Mário Hossokawa (PP), Odair Fogueteiro (PHS) e Altamir Antônio dos Santos (PSD) dispondo sobre a execução dos serviços de poda, corte, remoção com destoca e substituição de árvores dos passeios públicos de Maringá. Conforme a matéria, moradores poderão contratar uma empresa especializada, após liberação de laudo técnico da administração municipal, para execução de serviços como poda, corte, remoção com destoca e substituição de árvores do passeio público. 

Em segunda discussão será votado projeto do vereador Jean Marques (PV) dispondo sobre a instalação de dispositivos nos bueiros existentes nos logradouros públicos do município de Maringá a fim de evitar alagamentos.

Em segunda discussão será votado projeto de lei do vereador Jean Marques (PV) que incluiu no calendário oficial do município o Dia Doe Maringá, que será realizado, anualmente, entre a última terça-feira do mês de novembro e a primeira terça-feira do mês de dezembro, pela Associação Maringaense das Organizações da Sociedade Civil (Amosc). As doações poderão ser de dinheiro, de tempo, de produtos, de atenção ou de carinho buscando transformar a vida de outra pessoa, além de proporcionar um ambiente mais acolhedor para todos.

Em segunda discussão será votado projeto de lei complementar do vereador Carlos Mariucci (PT) vedando as situações que caracterizam a prática de assédio moral nos Poderes Executivo e Legislativo do Município de Maringá.

 

Foto: Marcio Naka/PMM

Participe e comente