Depois de ter seu sistema de informática interrompido nos últimos dias, a Agência do Trabalhador, em Maringá, voltou a prestar atendimento normal aos usuários. Desde a manhã desta terça-feira (14), o sistema de transmissão e recebimento de dados funciona com regularidade e o atendimento nos guichês voltou ao normal.

Segundo a Prefeitura, o tempo de atendimento ao usuário, que na semana passada passava de duas horas, hoje voltou a não demorar mais que dez minutos.

"A migração de dados cadastrais e informações para o sistema integrado, promovido pelo Ministério do Trabalho, deverá estar totalmente consolidada a partir da próxima quinta-feira, dia 16, mas já funciona de forma satisfatória", assegura a diretora Clarice Sobczack Chimirri. Ela acrescenta que o setor que sofreu maior paralisação na semana passada foi o de emissão de carteiras de trabalho, mas a partir de agora, deverá voltar ao atendimento médio diário de 50 trabalhadores.

Vice-líder

Segundo a diretora, mesmo com o funcionamento precário do sistema de informática na semana passada, a Agência do Trabalhador de Maringá voltou a ser destaque no número de atendimentos realizados no mês de outubro.

No total foram atendidos 9.721 trabalhadores, incluindo intermediação de mão de obra (5.341), liberação ao Seguro Desemprego (1.708), elaboração da Carteira de Trabalho (689), retirada de carteiras (711), devolução de cartas de encaminhamento (870) e 402 atendimentos a pessoas com deficiência.

De acordo com estatística divulgada pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho, no acumulado do ano Maringá está em segundo lugar no número de colocações realizadas no mercado de trabalho no Paraná. "De janeiro até setembro, quando foi divulgado o último levantamento, foram feitas 1.980 colocações no mercado, atrás apenas de Pato Branco", diz.

Nesse período de 10 meses do ano, a Agência do Trabalhador de Maringá realizou 107.248 atendimentos, com uma média mensal de 10.725 usuários.

Desde o mês de agosto deste ano, quando passou a atender em novo endereço, na avenida João Paulino Vieira Filho, 917, na região do Novo Centro, a nova sede registra um atendimento médio de 700 pessoas por dia.

Participe e comente