Pesquisa aplicada no último sábado (2) pela Associação Comercial e Empresarial de Maringá (Acim) revela que 56% dos consumidores pretendem fazer compras de Natal, e destes, 41% devem gastar mais neste ano, enquanto 31% devem gastar o mesmo e 25% vão desembolsar menos que no ano passado – o restante não sabe. O percentual dos que pretendem gastar mais é maior que o do ano passado, quando 28% deram a mesma resposta.

Roupas, calçados e brinquedos serão, nesta ordem, os itens mais comprados. Quanto aos valores dos presentes, a pesquisa mostrou que 23% devem gastar, no total, entre R$ 201 e R$ 300, outros 20% gastarão entre R$ 101 e 200, 19% vão desembolsar mais de R$ 500, 16% investirão entre R$ 401 e R$ 500 e 11% gastarão até R$ 100.

Metade dos consumidores comprará os presentes no último final de semana antes do Natal ou nos dois dias que antecedem a data comemorativa. Sábado é o dia preferido para as compras, segundo 50% dos entrevistados. A pesquisa aponta ainda que 60% dos consumidores não fazem compra pela internet.

Dos consumidores que recebem 13º salário (74%), 21% usarão o dinheiro extra para pagar contas em atraso, 19% vão poupar, 12% comprarão presentes, 10% viajarão, 8% não sabem e o restante vai reformar ou construir, trocar de carro ou usará o dinheiro para cirurgia ou gastos com saúde.

A pesquisa ouviu 258 pessoas com mais de 18 anos de todas as classes sociais.


Participe e comente