O tráfego de veículos no entorno da Catedral de Maringá será interrompido neste sábado, conforme informou a Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob). O bloqueio ocorre em função de manifestações agendadas para as 9h. São esperadas 10 mil pessoas.

Os atos foram motivados pelo anúncio do lançamento de um comitê a favor da candidatura de Lula à presidência da República. O evento será neste sábado, às 9h30, no plenário da Câmara de Maringá.

De acordo com a Semob, o acesso ao estacionamento da catedral pela Avenida Tiradentes e em frente à Câmara de Vereadores será impedido. Também será bloqueado o acesso à Avenida Papa João XXIII (continuação da Herval), a partir da Avenida Tiradentes.

Os acessos serão bloqueados a partir das 4h30 de sábado. Às 7h30, o acesso à catedral pela Avenida Cerro Azul também será interrompido na esquina com a rua Antônio Salema. O trecho em frente à Câmara, da avenida Cerro Azul até a rua Martim Afonso, também estará fechado.

A Semob orienta os motoristas que trafegam no sentido bairro/centro pela Cerro Azul a dobrarem a esquerda na Rua Antônio Salema e, na sequência, entrarem à direita na Rua Martim Afonso, alcançando a Avenida João XXIII, cujo tráfego estará liberado no trecho em frente ao colégio Instituto de Educação.

A reunião de lançamento do comitê de Lula, promovida pela Frente Brasil Popular, deve terminar por volta de meio-dia, horário em que todas as vias devem ser liberadas.

Segurança

Para garantir segurança, a Polícia Militar (PM) montou um esquema com apoio de outras forças policiais, como Polícia Federal, policias rodoviárias Estadual e Federal, agentes da Semob e Corpo de Bombeiros.

Centenas de policias estarão empenhados no esquema de segurança para que não seja registrada nenhuma ocorrência.

Grupos como Patriotas do Brasil e Movimento Brasil Livre (MBL) confirmaram atos. Um empresário de Maringá chegou a mandar confeccionar 5 mil camisetas e 4 mil bandeiras para participar do manifesto.

Foto: Reprodução/Facebook-Maringá em Fotos



Participe e comente