Milhares de pessoas se reuniram na praça da Catedral, em Maringá, na manhã deste sábado (13) para um manifesto. O ato foi motivado pelo lançamento do comitê a favor da candidatura de Lula à presidência da República, evento que aconteceu no plenário da Câmara Municipal.

Cerca de 300 policiais foram mobilizados para garantir a segurança. O efetivo foi convocado porque a expectativa dos grupos políticos era que 10 mil pessoas comparecessem à praça da catedral. Conforme a PM, 1,5 mil manifestantes estiveram na praça, enquanto no comitê participaram 400 pessoas.

Além da Polícia Militar, polícias rodoviárias Estadual e Federal, Polícia Federal, agentes da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) e Corpo de Bombeiros estiveram empenhados no esquema de segurança.

Veja como foram as manifestações pró e contra Lula

10h40: Na câmara, lideranças que apoiam o comitê em defesa da candidatura de Lula à presidência da República se manifestam. A PM estima que 400 pessoas, entre integrantes de movimentos e de partidos e apoiadores, estejam participando. Clique no vídeo abaixo.

10h30: Polícia Militar estima que 1,5 mil pessoas participam da manifestação e 400 estão no lançamento do comitê em defesa da candidatura de Lula à presidência da República.

10h06: Cássia Franzoi, diretora do Patriotas do Brasil, fala para os manifestantes. Ela agradece a doação de camisetas, bandeiras e faixas feita por empresários. O dono de um açougue de Maringá mandou fazer 5 mil camisetas e 4 mil bandeiras. Clique no vídeo abaixo.

10h: Um caminhão de som está na praça da Catedral, que reúne dezenas de manifestantes. Há várias faixas a favor do juiz Sergio Moro, responsável pela Lava Jato, e bandeiras do Brasil. Manifestantes gritam "Lula na cadeia". Veja no vídeo abaixo.

9h30: Na Câmara Municipal, a expectativa é reunir 300 pessoas no lançamento do comitê em defesa de Lula. Clique no vídeo abaixo.


Participe e comente