Espingardas, pistolas e revólveres serão utilizados por 127 guardas municipais de Maringá ainda neste ano. A estimativa foi dada a O Diário pelo coordenador do Gabinete de Segurança Integrada, Felipe Monteiro, que já espera a chegada do primeiro lote do arsenal ainda neste semestre.A Prefeitura de M
- Conteúdo exclusivo para assinantes e cadastrados
Agora você também pode acessar alguns conteúdos do Impresso em nosso site odiario.com.
Cadastre-se e leia agora mesmo.

Participe e comente