A eleição da diretoria da Associação Comercial e Empresarial de Maringá (Acim), gestão 2018-2020, foi realizada ontem (12). Foi inscrita a chapa ACIM em Movimento. Michel André Felippe Soares, 1º vice-presidente da atual gestão, foi candidato único para a presidência. Um total de 652 associados compareceram às urnas. Ele é CEO do grupo Patrimonium Alltech, que atua na área de segurança eletrônica e rastreamento veicular, tendo conquistado diversos prêmios na área de gestão da qualidade, como o MPE Brasil. O 1º vice-presidente será Wilson Matos Silva Filho, e o 2º vice será Mohamad Ali Awada Sobrinho. A posse será em abril.

Pelo menos 15% dos membros do conselho devem ser substituídos. No total, são 65 conselheiros de administração e 15 membros do conselho superior, além dos conselheiros do Copejem, de jovens empresários; Acim Mulher, formado por empresárias e executivas; Conselho do Comércio e Serviços e Conselho do Empreender.

Natural do Rio de Janeiro, o novo presidente da Acim, Michel Soares, é graduado em Direito e Administração, pós-graduado em Direito Civil e Processual Civil e MBA em Gestão Estratégica. Ele foi diretor do Sindicato do Comércio Varejista e Atacadista de Maringá e Região (Sivamar), presidente da Sociedade Rural Jovem de Maringá - gestão 2004-2006 -, e diretor da Sociedade Rural de Marnigá.

O novo presidente terá grandes desafios pela frente. Um deles, em parceria com o Conselho de Desenvolvimento Econômico de Maringá (Codem), é a contratação da consultoria internacional que fará o planejamento urbanístico de Maringá para as próximas décadas. Trata-se da segunda fase do Masterplan – a primeira fase foi o planejamento socioeconômico. Escritórios renomados da Inglaterra, França e outros países já apresentaram propostas.

Segundo Soares, retomar uma parceria com os cartórios de protesto também está em seus planos. É que hoje é o credor quem paga as custas cartoriais ao protestar um título. Com a parceria, o objetivo é que essa despesa fique a cargo do devedor, que só conseguirá limpar o nome após pagar a dívida e as custas no cartório.

Outro projeto é a implantação de uma câmara de mediação e arbitragem, uma tendência para desafogar a Justiça e promover acordos mais céleres. Como os modelos de negócios estão mudando de forma rápida, Soares quer aproximar a geração millennial dos gestores e empresários e oferecer um ambiente para o apoio e desenvolvimento de startups.

Ele quer ainda implantar o compliance, um conjunto de normas com boas práticas.


PRESIDENTE. Entre os projetos do presidente eleito da Acim, Michel André Felippe Soares, está a contratação de empresa internacional para planejamento urbanístico de Maringá no futuro. —IVAN AMORIN/ACIM


Participe e comente