Nesta segunda-feira, último dia da Expoingá, o parque de exposições foi tomado por uma multidão de pessoas. Com os portões abertos, a população de Maringá e região pode aproveitar os atrativos da feira no feriado comemorativo ao aniversário de Maringá, fazendo a doação de alimentos, que serão revertidos para entidades assistenciais.

O show dos sertanejos Bruno e Marrone encerrou a programaçãomusical, com a presença de mais de 12 mil pessoas na arena coberta. O prefeito Ulisses Maia, o vice Edson Scabora e a presidente da SRM, Maria Iraclézia, subiram ao palco, momentos antes de terminar a apresentação, para agradecer a contribuição da população na doação de alimentos em troca de ingresso. O balanço com toda a arrecadação de donativos em dois dias dedicados à solidariedade na Expoingá, será apresentado nos próximos dias pelos organizadores.

O parque de diversões foi um dos locais mais lotados no último dia do evento. Mesmo depois do show, que terminou, às 22 horas, filas extensas se formaram em todos os brinquedos. O diretor do Yupie Park, Célio Borges, disse que a movimentação foi excelente em todo o período e ultrapassou a edição de 2017.

A Expoingá 2018 foi uma das feiras mais diversificadas dos últimos anos. Com mais de 1,3 mil expositores, a exposição contou com artesanato internacional de 12 países, fogões a lenha em versão moderna vindos do Rio Grande do Sul, até a mais famosa pizza de foodtruck do Brasil, vinda de Londrina, entre muitos outros produtos.

No setor de pequenos animais, os primeiros Gatos-de-Bengala a chegar a Maringá estiveram presentes e na pecuária em geral destacaram-se mostras inéditas de bovinos e ovinos, além de provas do Cavalo Árabe e Quarto de Milha e uma apresentação clássica de hipismo.

O setor automobilístico se destacou com os últimos lançamentos em veículos, assim como na área implementos e maquinários agrícolas eram visíveis as máquinas vendidas no pátio com a exibição do nome do produtor que efetuou a compra.

O gerente da Servopa(revendedora Wolksvagem), Cássio Gabriel Batista da Silva, disse que a participação na feira superou as expectativas.“A Expoingá 2018, sem dúvida, nos surpreendeu muito pela grande procura. Trouxemos ótimas condições e com isso o público aderiu. Apostamos e alcançamos 30% a mais do que o esperado nas vendas. No próximo ano, voltaremos ainda mais confiantes e com estrutura diferenciada”, afirmou.

Para a Diretoria da Sociedade Rural de Maringá, realizadora da exposição agropecuária, considerada uma das cinco maiores do Brasil, o resultado foi positivo. “Tivemos doze dias de clima ótimo, sem chuva e uma excelente visitação. Não fechamos os números ainda, mas acredito que atingimos as expectativas”, avaliou.


Participe e comente