Um motociclista morreu e seu filho, que estava na garupa da moto, ficou gravemente ferido em um acidente na tarde de ontem (11), no cruzamento das avenidas São Paulo com João Paulino Vieira Filho, centro de Maringá. De acordo com dados da ocorrência, uma mulher de 50 anos dirigia o Chevrolet Ônix pela Avenida São Paulo, e ao fazer uma conversão na Avenida João Paulino para mudar de lado da pista, colidiu transversalmente contra uma Honda Lead. Uma câmera de monitoramento mostra que a condutora do carro deveria ter aguardado a moto cruzar a via para prosseguir com a conversão, revelando que ela teria invadido a preferencial.

Com o choque, o motorista da moto, Renato de Assis Salin, 39 anos morreu no local. Seu filho, um adolescente de 13 anos que estava na garupa, acabou sofrendo trauma de crânio, face e tórax e foi socorrido em estado grave para o Hospital Universitário (HU). A motorista do Onix não se feriu, mas ficou em estado de choque. Equipes de socorro ficaram cerca de 45 minutos tentando reanimar Renato, mas ele não resistiu.

Na PR-323, uma moto acabou embaixo de um caminhão, resultando na morte da motociclista. O acidente aconteceu por volta das 13h50 de ontem (11), sob o terceiro viaduto da rodovia, em um trecho que liga Maringá e Paiçandu. De acordo com dados policiais, os dois veículos seguiam sentido a Maringá, e no momento em que o condutor do caminhão fez o retorno para parar em um posto de combustível, a moto acabou batendo na lateral, entrando logo embaixo do veículo de grande porte. A condutora da moto, Luciane dos Santos André, 28 anos, morreu no local. Os socorristas tentaram reanimá-la, mas ela não resistiu aos ferimentos. A vítima morava em Paiçandu e estava a caminho de seu trabalho.


TRAGÉDIA. Pai morre e filho fica gravemente ferido. — JOÃO PAULO SANTOS


Participe e comente