O ministro da Educação, Rossieli Soares da Silva, esteve em Maringá no final da tarde de ontem (2), acompanhado do presidente da Frente Parlamentar da Educação do Congresso Nacional, deputado federal Alex Canziani (PTB-PR), para formalizar o repasse na ordem R$ 509.393 para a Universidade Estadual de Maringá (UEM).

Os recursos serão destinados a investimentos para mecânica de solo do curso de engenharia civil.

Trata-se de um convênio entre o Ministério da Educação (MEC) e a Secretaria Estadual e Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti) para a melhoria da qualidade de ensino.

"É um grande investimento que vai resultar a melhor formação de futuros engenheiros para o Estado e para o Brasil", comenta o Rossieli.

O repasse faz parte da emenda da bancada parlamentar, onde há a participação de todos os deputados federais em conjunto com os senadores representantes de cada Estado.

Com isso, eles irão destinar aproximadamente R$ 22 milhões para sete universidades paranaenses. Mas a verba é repassada aos poucos, não cai na conta de uma vez.

"São cerca de R$ 3 milhões para cada uma, tanto para manutenção como investimentos em projetos, prédios, salas de aulas, laboratórios entre outros. Os gastos com o dinheiro já foram tratados entre os deputados e as universidades. São verbas da União repassadas para instituições estaduais.

Quando a gente olha para o ecossistema do ensino superior, é importante que haja a participação federal para o desenvolvimento das regiões", explica.

O titular da Seti, Décio Sperandio, comenta que esta é uma antiga reivindicação das associações de reitorias das universidades estaduais, que pedem o apoio do governo federal em suas ações. "A emenda foi empenhada e agora está formalizado o processo de repasse", relata.

Para o vice-reitor da instituição, Júlio Cesar Damasceno, a verba é muito bem-vinda para os investimentos e melhorias no ensino, pesquisa e extensão. "Este é o nosso lema. Estamos contentes com esse novo eixo de financiamento. Nossa universidade merece. Estamos presentes em rankings de excelência e com estes recursos, teremos resultados ainda melhores. Logo mostraremos os novos resultados", garante.

Além de Maringá, o ministro cumpriu agendas pelo interior do Paraná, passando por várias universidades públicas, entre estaduais e federais.

Ele também esteve em Londrina, Apucarana e Paranavaí.


ENSINO SUPERIOR. Ministro e vice-reitor da UEM na formalização do repasse. —JOÃO PAULO SANTOS

Canziani acompanha ministro pelo interior do Estado

O deputado federal Alex Canziani (PTB-PR) está acompanhando o ministro da Educação, Rossieli Soares da Silva, em agenda pelo interior do Paraná que começou ontem.

Ele passa pela quinta legislatura consecutiva e foi o segundo parlamentar mais bem votado do Estado. Atualmente, ele preside a Frente Parlamentar da Educação do Congresso Nacional e tem colaborado nas emendas da bancada parlamentar, atuando no setor da educação.

Ele ainda está ligado a Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público da Câmara e é suplente da Comissão de Turismo e Desporto. Canziani é pré-candidato ao Senado neste ano, mas ainda precisa passar pelas convenções, que deverão ocorrer neste mês. /// Victor Rodrigues


Participe e comente