O dia amanheceu gelado. A mínima registrada ontem (10) foi de 7,9 graus, na Estação Climatológica da Universidade Estadual de Maringá, e a previsão é de mais frio para o fim de semana – mínima de 10 graus e máxima de 23, no domingo. Bom para os comerciantes que estão vendendo produtos mais caros, para o Dia dos Pais.

Os chinelos e as pantufas sempre têm boa saída, mas com o frio dos últimos dias, muita gente prefere levar agasalhos e roupas mais quentes. Este tem sido o perfil das vendas de uma das maiores lojas de artigos masculinos, que fica no centro de Maringá. O gerente de loja, Rodrigo Monteschio Teles, explica que a temperatura sempre interfere nas vendas.

"O movimento apresenta um acréscimo de quase 20%, o frio ajuda muito", diz. A maioria dos consumidores prefere parcelar a compra no cartão e não gastar muito também. "O presente fica na casa dos R$ 100", diz Rodrigo. As vitrines estão recheadas de novidades, mas os artigos de inverno ainda atraem os pais de todas as idades. "Ninguém recusa um bom par de sapatos, uma camisa ou uma jaqueta", diz.

Claudemir Alves de Souza, pai de dois filhos, aproveita as promoções, no centro da cidade. "Já estou levando camisetas, caso eles se esqueçam de comprar meu presente", brinca. O movimento anima os lojistas, e as vendas no comércio dos bairros também apresenta boas expectativas.

Os comerciantes também se preparam para a realização da Maringá Liquida, promovida pela Associação Comercial e Empresarial de Maringá (Acim), de 23 a 26 deste mês. Os descontos podem chegar a 70%, em todos os tipos de produtos. "Não são apenas artigos e acessórios da coleção outono e inverno", afirma Rodrigo.

Pesquisa

Um estudo feito pelo Departamento de Pesquisa e Estatística da Associação Comercial e Empresarial de Maringá (Acim) revela que 69% dos comerciantes estão otimistas com as vendas neste Dia dos Pais, e 48% esperam que as vendas sejam superiores à mesma data no ano passado desses, 42% acreditam o crescimento será de 6% a 10%.

Dos entrevistados, 67% já programaram promoção para a data e 77% não devem contratar mão de obra extra para o período. Na opinião dos comerciantes, a maioria das vendas deve ser feita com cartão de crédito, e 50% dos entrevistados esperam que seus clientes gastem até R$ 100 em suas lojas.

Perguntados sobre as estratégias que pretendem utilizar para atrair os consumidores, 67% disseram que vão oferecer promoção de preço e 22% vão fazer divulgação nas redes sociais. A pesquisa foi feita entre 24 de julho e 31 de julho junto a empresas associadas. ///Com informações da Assessoria da Acim


INICIATIVA. Claudemir Alves de Souza escolhendo o presente para si mesmo em comemoração ao Dia dos Pais. —JOÃO PAULO SANTOS


Participe e comente