• Muçulmanos comemoram ¿Al Hijra¿, o ano novo

  • Carla Guedes

Ao pôr do sol de hoje, quando a lua nova tomar conta do céu, os muçulmanos entrarão no ano de 1431. A indefinição entre os dois dias se deve ao fato de o islamismo seguir o calendário lunar, e não o solar. O ano dos muçulmanos é composto por 12 meses, com 29 ou 30 dias cada, de acordo com as fases da lua.

As comemorações pela chegada do ano novo islâmico não envolvem mesas fartas e festas, a exemplo de outros povos. Também não há recomendação religiosa.

Os muçulmanos aproveitam a simbologia da data para contar a história da migração do profeta Maomé, de Meca, sua cidade natal, para Medina, onde fundou as bases da nação islâmica. São ministradas palestras, aulas e discursos sobre a vida do profeta.

A data, segundo o xeique Abdelbagi Osman, diretor executivo do Instituo Latino-Americano de Estudos Islâmicos, deve ser utilizada como momento de reflexão. ¿Que as pessoas usem esse dia para refletir sobre o ano que passou, as realizações, os acertos e os erros cometidos para que não os repitam no ano que chega¿, diz ele, que também é membro da diretoria da Sociedade Beneficente Muçulmana de Maringá.

O ano novo muçulmano, chamado de Al Hijra ¿ ou ¿a migração¿ ¿, será lembrado por 1,5 bilhão de islâmicos no mundo, dois quais 600 em Maringá e região. O xeique explica que em somente dois países, de um total de 56 onde há seguidores de Maomé, a data é marcada pelo feriado.

Em Maringá, a entrada no ano não vai passar em branco. Os muçulmanos devem se reunir na mesquita ao pôr do sol de hoje para uma oração coletiva, com menção do xeique sobre o início do novo ano e a história da migração do profeta.

O portal odiario.com reserva-se o direito de não publicar comentários de conteúdo difamatório, calunioso e ofensivo. Os comentários não autorizados ficarão visíveis somente para os contatos/amigos da rede social do autor.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Shopping

Anuncie nos classificados de O Diário

Pague com:

Loterias

  • Números sorteados
  • 8
  • 23
  • 28
  • 30
  • 32
  • 51

Publicidade

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal odiario.com não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria com odiario.com para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato pelo e-mail parceria@odiario.com.

odiario.com 2010 © Todos os direitos reservados à Editora Central Ltda - odiario.com é um parceiro do IG Regionais.